Domingo, 19 de Novembro de 2017

Em Corumbá, grupo de Valter acusa uso do Vale Renda em favor de Moka

8 MAR 2010Por 09h:20
Pereira denunciou a utilização do Programa Vale Renda, em Corumbá, para a compra de votos em favor do deputado Waldemir Moka, nas prévias do PMDB. No município, o deputado ganhou a disputa com mais de 200 votos de diferença de Valter. “Vamos investigar se vai aumentar o número de filiados do PMDB beneficiados pelo programa que deveria cumprir sua função social e não ser usado para fins partidários”, disse o vice-prefeito de Corumbá, Ricardo Eboli (PMDB), após o anúncio do resultado das prévias. Eboli coordenou a campanha de Valter Pereira e acredita que há indícios de suborno. O deputado federal Waldemi r Moka foi apoiado em Corumbá pelo grupo do vereador Oséas Ohara e sua esposa, ex-vereadora Solange Ohara, que é coordenadora política do Governo do Estado na região. Dourados Em Dourados, Valter Pereira venceu as prévias do PMDB com 61 votos de diferença em relação a Moka – recebeu 282 votos contra 221 do deputado federal. O clima de disputa entre os cabos eleitorais começou antes mesmo de o plenário da Câmara ser aberto para a entrada dos eleitores, mas não houve incidentes. O deputado federal Geraldo Resende disse que o PMDB não irá rachar por causa desta disputa interna, pois “mostrou que o partido é forte, que tinha muita gente adormecida. Mas, hoje esteve votando, mostrando a cara do PMDB”.

Leia Também