Sexta, 24 de Novembro de 2017

Em 8 dias, 13 mortes em rodovias de MS

10 AGO 2010Por 04h:19
Nos primeiros oito dias de agosto, 13 pessoas morreram em acidentes em rodovias federais e estaduais de Mato Grosso do Sul. Somente durante o fim de semana foram dez vítimas, uma média de uma morte a cada 5h. As tragédias aconteceram em Campo Grande, Rio Brilhante, Nova Alvorada do Sul, Dourados, Naviraí, Dois Irmãos do Buriti, Itaporã e Taquarussu.
Por volta das 16h10min de domingo, acidente entre um Celta e uma caminhonete F350, na BR-262, em Dois Irmãos do Buriti, provocou a morte de Ildo Salazar Souza e Maria Salomé Vilalba Salazar, ambos de 59 anos. Eles estavam no carro de passeio, que tentava entrar na pista e acabou colidindo transversalmente com a F350, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A colisão foi na altura do km 445.
Em rodovias estaduais, outras duas mortes aconteceram anteontem. Às 17h30min, em Nova Andradina, na MS-276, KM 175, acidente entre duas motocicletas matou o condutor de uma delas, identificado como Roberto Garcia da Silva, de 42 anos. Ele estava acompanhado da filha, Alessandra Bazan da Silva, de 18 anos, que ficou ferida. Os outros dois ocupantes da segunda motocicleta também tiveram ferimentos. O corpo de Roberto foi levado para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) de Naviraí.
Já na MS-156, em Itaporã, Ramão Marques, de 67 anos, morreu após o carro em que estava, um Monza, sair da pista e capotar. O acidente aconteceu na noite de domingo.

Sábado
Seis pessoas morreram entre as madrugadas de sábado e de domingo no Estado. Três vítimas estavam no mesmo carro, um Gol, que colidiu com caminhonete na BR-262, na Capital, na saída para Três Lagoas. São eles: Adezideo Cravino Moreira, de 53 anos, Cícero Nunes Ribeiro, de 40 anos, e Gilberto Homrich, de 61 anos.
Em Rio Brilhante, na BR-163, o estudante Pedro Henrique Carnaval, de 17 anos, conduzia uma Toyota Hilux que saiu da pista e colidiu com uma árvore. Outro jovem, o militar Antônio Carlos dos Santos Júnior, de 20 anos, foi arremessado do carro em que estava, na MS-156, e morreu. O motociclista Fagner de Oliveira foi outra vítima dos acidentes no fim de semana. A moto bateu em um caminhão, na MS-487, e ele morreu na hora.

Semana
Durante a semana passada, outras três mortes foram registradas. No dia 2, Carlinhos Ângelo Biffi, de 43 anos, morreu na BR-262, entre Miranda e Corumbá. No dia seguinte, Admilton Jorge Mendes Gonçalves estava em uma moto na MS-157 e foi atingido por uma barra de ferro. No dia 5, na MS-060, Orlando Maciel de Freitas, de 60 anos, foi atropelado e morreu. (ST)

Leia Também