Domingo, 19 de Novembro de 2017

Duas pessoas morrem atropeladas em rodovias

31 JAN 2010Por 07h:49
O motociclista Ramão Fernandes Romeiro, 49 anos, morreu no final da tarde da última sexta-feira ao se envolver em acidente quando trafegava pela BR-163 no sentido Anhanduí/Campo Grande. De acordo com o boletim de ocorrência policial, o acidente ocorreu nas proximidades do Posto Savanas quando Ramão saiu para o acostamento, tentou retornar para a pista contrária e foi atingido pela caminhonete S-10, placas HSI-4373, que seguia logo atrás, conduzida por Silvano Alves, 49 anos. Equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendia a outra ocorrência a 200 metros do acidente e por conta disso chegou rapidamente ao local no momento em que o autor tentava acionar o socorro, mas Ramão já estava sem vida. O condutor da caminhonete, Silvano Alves, contou aos policiais que não teve tempo suficiente para parar o veículo e evitar o acidente. Ainda conforme ocorrência registrada na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), Ramão não possuía habilitação para dirigir motocicleta. Outra morte Na madrugada de ontem, a polícia recebeu denúncia de que um homem estava morto na BR-262, próximo à entrada de Ribas do Rio Pardo. No local, os piliciais confirmaram o fato e constaram que se tratava de uma vítima de atropelamento, que estava sem nenhum documento de identificação. A vítima aparenta ter aproximadamente 45 anos, é de cor parda, estava trajando short e camisa regata. Popu l a res ter i a m d ito à polícia que o homem morava em R ibas do R io Pa rdo, t i n ha apel ido de “Abençoado” e que já havia participado de um programa de televisão em rede n ac ion a l , ped i ndo u ma ambulância para a cidade. Estado grave Também na BR-262, só que em Três Lagoas, Antônia Moreira, 40 anos, foi atropelada às 19h30min de sexta-feira. Ela teve ferimentos graves e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o hospital do município. O motorista do veículo fugiu, mas acabou preso na área urbana do município. Após denúncias de populares, Wilson Cardoso Siqueira, 40 anos, foi flagrado pela Polícia Militar (PM) quando dirigia embriagado um Fiat Uno. Conforme a PRF, a vítima caminhava pela rodovia.

Leia Também