Segunda, 20 de Novembro de 2017

Diversão tamanho família

24 ABR 2010Por 06h:13
Carla Neves, PopTevê

Três crianças e quatro adultos falando alto em uma típica casa de subúrbio carioca, cheia de móveis ultrapassados, que incluem até mesmo um beliche em plena sala de estar.

 Assim, de forma rápida e simples, pode ser resumido o núcleo de humor de “Escrito nas estrelas”, nova trama das seis da Globo. “Acho que esse é um dos núcleos mais leves da novela. Porque se aproxima muito da realidade brasileira”, aposta André Gonçalves, que, na história assinada por Elizabeth Jhin, vive o malandro Jair, casado com a ingênua Fabiana, de Ana Paula Bouzas, e genro do ético Jovenil, de José Rubens Chachá, e da “mãezona” Matilde, de Nica Bonfim. Pai de Huguinho, Zezinho, e Luizinho – trio vivido, respectivamente, por Yago Machado, João Victor Granja e João Fernandes –, Jair é o típico marido “encostado”, que vive arrumando desculpa para não trabalhar para viver à custa dos genros. “Tenho certeza de que esse núcleo vai cair no gosto do público”, afirma Rogério Gomes, diretor do folhetim, mais conhecido nos bastidores como Papinha.

Segundo o diretor, a exagerada família vai conquistar os telespectadores porque vai mostrar problemas e figuras que podem existir em qualquer família do Brasil. Como o genro que faz “corpo mole” para não trabalhar, a mulher que finge não ver as malandragens do marido, a sogra que tenta passar a mão na cabeça do genro, o sogro que tenta defender a filha do marido metido a sabichão e as crianças que não perdem a oportunidade de encher a paciência dos pais com suas estripulias. “O mais interessante dessa história é que tanto eu quanto o elenco nos divertimos muito na hora de gravar”, admite Papinha.

O clima de diversão a que o diretor se refere é tanto que, dia desses, durante a gravação de uma cena da família suburbana, o elenco criou até um “rap”. E a ideia surgiu, obviamente, do trio infantil, que, por sua vez, contou com a colaboração de André Gonçalves. “Me divirto o tempo inteiro com eles”, garantia o ator, enquanto gravava a cena em que Jair está na sala se preparando para uma entrevista de emprego quando é surpreendido pela chegada do sogro, que quer saber para onde ele vai. “O Jovenil é a pessoa que vai perseguir o Jair a novela inteira. Afinal, ele vê como é o genro”, explicava André, aos risos.

Leia Também