Domingo, 19 de Novembro de 2017

Dilma sobe e se aproxima de Serra na corrida presidencial

31 JAN 2010Por MARCO EUSÉBIO07h:32
Pesquisa da Vox Populi aponta que despencou para um terço – de 21 pontos para apenas 7 pontos percentuais – a diferença entre o líder José Serra (PSDB), governador de São Paulo, para a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), nas pretensões de voto para a sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de outubro deste ano. A redução na vantagem de Serra é em comparação à pesquisa anterior do mesmo instituto, divulgada em dezembro. A nova pesquisa foi divulgada na sexta-feira (29) à noite pelo Jornal da Band. A Vox Populi ouviu 2 mil eleitores em 170 cidades de todos os estados (menos Acre, Roraima e Rondônia) entre os dias 31 de outubro e 6 de novembro de 2009. A margem de erro é de 2,4 pontos percentuais. Conforme os dados da Vox Populi, José Serra (PSDB) continua liderando, agora com 34%, cinco pontos a menos do que o índice de 39% que apresentava na pesquisa anterior. Em via oposta, Dilma Roussef subiu nove pontos percentuais, passando de 18% para 27%. O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), que estava com 17%, apenas um ponto atrás da petista, caiu seis pontos e continua em terceiro, agora com 11%. Em quatro e último lugar dentre os nomes citados na pesquisa está a ministra Marina Silva (PV-AC), que caiu dois pontos, variação dentro da margem de erro, queda de 8% para 6%. Dos entrevistados, os que disseram estar indecisos ou que pretendem votar em branco ou anular o voto somam 18%. Sem Ciro A Vox Populi conferiu também a opinião dos eleitores em questionário sem o nome de Ciro Gomes. Nesse cenário, Serra lidera com 38% contra 29% de Dilma e a diferença é maior, de nove pontos percentuais. Marina Silva aparece com 8% (dois a mais do que na consulta incluindo Ciro) e o índice dos indecisos, brancos e nulos aumenta cinco pontos percentuais, para 23%. Vale lembrar que o presidente Lula tem defendido que Ciro Gomes desista de concorrer ao Palácio do Planalto e dispute o Governo de São Paulo, para onde transferiu no ano passado seu domicílio eleitoral. O recente levantamento da Vox Populi, entretanto, demonstra que a ausência do parlamentar cearense na sucessão aumenta o índice de indecisos e parece beneficiar José Serra. Os pesquisadores perguntaram também aos eleitores se votariam num candidato a pedido de Lula e 30%, quase um terço do eleitorado, disseram que sim. Segundo turno A Vox Populi também perguntou aos eleitores em quem votariam na hipótese de os líderes da pesquisa se enfrentarem em um segundo turno. Se fosse hoje, o tucano Serra venceria com 46% dos votos contra 35% de Dilma. A diferença, neste caso, é de 11 pontos percentuais. A vantagem ainda é grande, mas é três pontos menor que a registrada em outro levantamento Vox Populi, divulgado em agosto do ano passado. Fazendo esta comparação, vale frisar que Serra manteve os 46% registrados cinco meses atrás. Mas Dilma, que tinha 32%, subiu três pontos.

Leia Também