Sábado, 18 de Novembro de 2017

Dilma acusa Serra de usar Índio para fazer ataques na campanha

28 JUL 2010Por 05h:09
São Paulo

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, disse ontem que seu principal adversário, José Serra (PSDB), é o verdadeiro responsável pelas acusações de Índio da Costa (DEM), candidato a vice-presidente na chapa do tucano, contra o PT e sua suposta ligação com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Em entrevista concedida à Rádio Difusora Mossoró, do Rio Grande do Norte, Dilma afirmou que Serra usou Índio para atacar sua candidatura. “Por isso não vou responder ao vice, vou responder ao ex-governador José Serra”, disse ela. “É lamentável que a eleição tenha descido a esse nível por parte do meu adversário”.
Dilma afirmou que as acusações sobre a suposta ligação entre o PT e as Farc ocorrem em razão do “mau desempenho” de Serra nas pesquisas eleitorais. “Eu atribuo [os ataques] a certa preocupação, nervosismo decorrente do fato de que ele não tem tido bom desempenho. Não acho que tenha justificativa uma acusação desse teor e acho mais ainda que o povo brasileiro não merece mesmo esse nível de discussão e debate”, afirmou. “Esse é um dos debates mais desqualificados de toda a história das campanhas eleitorais desde a redemocratização.”
Dilma afirmou que as pesquisas de votos apontam uma situação “tranquila e confortável” para a sua campanha. De acordo com a pesquisa Datafolha divulgada no sábado, Serra e Dilma seguem empatados na corrida presidencial. O tucano está com 37% contra 36% de Dilma. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos.
“A nossa avaliação é que tivemos um desempenho muito bom porque meu nome não era muito conhecido, porque essa é a primeira eleição em que concorro, enquanto o nome do meu adversário era muito conhecido. Nós consideramos que há uma ótima situação ainda mais faltando mais de 20 dias, 30 dias para o início do programa de televisão. Em todos os aspectos, a situação é tranquila e confortável para nós”, afirmou.
Na entrevista, Dilma criticou o DEM. “O pessoal do DEM tem sido contra quase todos os projetos do governo federal. Foram contra o Bolsa Família, entraram com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) para acabar com o Prouni [Programa Universidade para Todos], votaram contra tudo. Tiveram atitude não de oposição, foi de destruição do governo Lula e em alguns momentos da pessoa do presidente Lula. Aqui em Brasília e no resto do País, todo mundo sabe que o DEM é a oposição mais negativista que o presidente Lula teve.

Leia Também