Domingo, 19 de Novembro de 2017

Dificuldades são superadas e talentos revelados

25 JAN 2010Por 08h:35
Lutando para superar a falta de incentivo por parte de empresários e classe política, algumas escolinhas da Capital têm conseguido superar essas dificuldades e revelar jogadores. Entre elas está a Escolinha do Esquerdinha, localizada no bairro Nova Lima, região norte de Campo Grande, que foi criada há cinco anos e desde então luta para conseguir um local para treinar. Os primeiros chutes foram dados no famoso “terrão”, mas os vizinhos reclamaram e foram obrigados a buscar outro local, e a saída encontrada foi treinar em bairros próximos, como a Mata do Jacinto. Revelando talentos Apesar do pouco tempo de atividade, o funileiro e ex-jogador José Ferreira de Andrade, 50 anos, popularmente chamado de “professor Esquerdinha”, orgulha-se de ter superado as adversidades e iniciado no futebol mais de dois mil garotos. Segundo o treinador, cerca de 30 foram encaminhados e já estão treinando em equipes como Internacional, Grêmio, Toledo, Corinthians e Cruzeiro. “O último consegui mandar para o Corinthians, e foi como titular”, falou com orgulho o professor ao lembrar- se de Michael Christian, lateral-direito aprovado na peneirada feita pelo Timão em Campo Grande no início do mês. “Eu não tinha todo o dinheiro para pagar a inscrição, consegui arrumar apenas R$ 15 e o Esquerdinha completou (a inscrição custava R$ 25) e disse que era minha grande chance”, disse Michael após a aprovação. “Nunca vou esquecer o que o professor fez por mim. Se hoje estou tendo uma chance de jogar em um grande clube também é mérito dele pelo trabalho que faz lá no Nova Lima”, comentou o jogador que estreou na última semana pelo time sub- 17 do Corinthians na Copa Promissão (SP). Além de Michael, na peneirada do Timão a Escolinha do Esquerdinha teve outros nove jogadores aprovados entre os onze selecionados nascidos nos anos de 1994 e 1995. “Fazemos um trabalho sério mesmo com todas as dificuldades que temos. Temos muitos talentos, mas é preciso investimento para poder descobri-los”, lamentou. (JP)

Leia Também