Quinta, 23 de Novembro de 2017

Dia de festa no Parque das Nações Indígenas

15 AGO 2010Por 06h:54
SCHEILA CANTO

Neste fim de semana começam as comemorações dos 111 anos de Campo Grande. Hoje acontece a primeira edição do “FelizCidade”, no Parque das Nações Indígenas, o evento tem como foco programação cultural com aparesentações musicais e espetáculos de dança, gratuitos para todos os tipos de público. A iniciativa é da Fundação Municipal de Cultura (Fundac), que montará dois palcos para atender à programação variada.
As atividades terão início  às 9h30min com a apresentação do grupo Embrujos del España, com espetáculo de dança, dirigido pela coreógrafa Maria Helena Pettengil. Em seguida a animação fica  por conta do grupo Chalana de Prata. A partir das 10 horas se apresenta o grupo de dança Cherrez, seguido pelo cantor Márcio de  Camillo. Na sequência os palcos serão ocupados pelo grupo de dança Ginga e Cia do Mato. Para fechar o período da manhã, a animação fica por conta dos batuques da Escola de Samba Tradição do Pantanal.
A programação da tarde tem início às 16h, com a apresentação de Michele e Banda, seguido pelo show de dança do ventre do grupo Anita Amizzo. Jerry Espíndola se apresenta às 17 h e o grupo Funk-se às 17h30min. A partir das 17h45min entra no palco Pattyy e Banda e a Bateria da Escola de Samba Unidos do Cruzeiro.
A programação noturna começa às 19h e privilegia o sertanejo, com a apresentação da dupla Victor e Vinícius e logo após Gilson e Júnior. Entre os shows das duplas, a Cia Dançaurbana faz sua apresentação. A bateria da Escola de Samba Unidos da Vila Carvalho, fecha a noite.

Atividades paralelas
Durante todo o dia serão oferecidas oficinas de artesanato, pintura, circo, apresentações de grupos de teatros participantes do FestCamp. “Escolhemos uma programação bem variada e voltada a todos os públicos. Teremos muita música, dança e apresentações teatrais. Aproveitamos a oportunidade do aniversário da Cidade para que a Prefeitura de Campo Grande pudesse promover um evento que com certeza será de grande sucesso, principalmente por acontecer em um local que é um dos cartões-postais de nossa cidade, o Parque das Nações Indígenas”, detalha Roberto Figueiredo, diretor presidente da Fundac.

Leia Também