Segunda, 20 de Novembro de 2017

Depende de nós

17 AGO 2010Por 06h:46
Thiago Andrade

“Simples assim” é o modo como o cirurgião-dentista Fábio Bibancos, presidente do Instituto Bibancos de Odontologia e da organização não-governamental Turma do Bem, gosta de definir o trabalho social que vem realizando desde 2002 junto à ONG que oferece atendimento odontológico gratuito a crianças carentes de todo o País. Ele vem a Campo Grande para ministrar a palestra “Todo mundo pode mudar o mundo”, nesta quinta-feira, às 19h, no auditório do Crea-MS.
“Com a minha própria história eu provo que é simples ajudar, basta ter olhar aberto para o outro, não custa e é fácil. É isso que eu abordo em minha palestra, tentando mostrar que qualquer pessoa pode fazer algo para ajudar o próximo. Às vezes, as pessoas tendem a complicar e isso impede que façam algo. Isso pode ser mudado facilmente”, esclarece. Fábio Bibancos define o empreendedorismo social como o uso de tecnologias privadas de modo que atinjam o maior número de pessoas carentes, que não teriam acesso a elas sem projetos como a Turma do Bem.
Atualmente, a ONG é a maior do mundo a contar com voluntários especializados. São aproximadamente 7,5 mil dentistas em 700 cidades brasileiras, na América Latina e em Portugal. Todos atendem crianças carentes em idade de buscar o primeiro emprego, que são atendidas gratuitamente, de modo a recuperar a saúde bucal e “ter um sorriso bonito”, defende Fábio Bibancos. Entretanto, em Campo Grande, o trabalho ainda não ganhou força e a Capital conta apenas com 40 voluntários.

História de vida
A preocupação social do dentista Fábio Bibancos veio, segundo ele, da formação familiar e escolar que recebeu. “Meus pais sempre atentaram para o fato de que existiam outras realidades, que apesar da nossa condição social e financeira não deixar a desejar, muitos não tinham a facilidade que nós tínhamos”, lembra. Mas, o jovem se defrontou com esse outro mundo durante o período em que estudou em um colégio para padres. “Eles seguiam uma linha socialista e nos levavam para diversas comunidades carentes. O primeiro contato foi chocante e, desde então, percebi que eu precisava fazer algo”.
Depois de ter se graduado em Odontologia pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e especializando-se em Odontopediatria e Ortodontia, Fábio Bibancos decidiu agir pela conscientização da saúde bucal dos brasileiros quando, em 1995, lançou o livro “Um sorriso feliz para seu filho”. “Contudo, eu fazia palestras em escolas particulares e tinha um discurso muito elitizado. A primeira vez que pisei em uma escola pública, a recepção foi completamente diferente. A realidade era outra, assim como as necessidades”, descreve.
A partir dessa experiência nas escolas públicas, Fábio Bibancos optou por atender algumas crianças gratuitamente. “Eu sozinho não poderia fazer muito, por isso convidei alguns amigos e foi assim que a Turma do Bem nasceu e começou a crescer”, explica o cirurgião-dentista. De 2002 para cá, a organização cresceu e se estabeleceu como um dos maiores projetos sociais do País.
Fábio Bibancos, que atende inúmeros astros de televisão, abre seu consultório para atender as crianças carentes. Para ele, a maior motivação está no fato de ser um otimista e acreditar que a capacidade de fazer algo está nas mãos de cada pessoa. “Eu acho que todos deveriam fazer algo; na verdade, acho estranho quem pense que não é necessário. É minha forma de ver o mundo e gosto de mostrá-la aos outros”, alega.

Leia Também