Sábado, 18 de Novembro de 2017

"Dagoberto só não será vice se não quiser", diz Nelsinho

29 ABR 2008Por 21h:11
     

Lívia Ferreira

 

O prefeito de Campo Grande e pré-candidato à reeleição, Nelsinho Trad (PMDB), disse ontem que o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) só não será seu vice se não quiser. A afirmação foi em resposta às declarações do presidente de honra do PDT, João Leite Schimidt. Semana passada, Schimidt declarou que, se as conversações com o PMDB não prosperarem, o PDT vai retomar o projeto de lançar Dagoberto candidato a prefeito da Capital. "Já conversei com o Dagoberto, com o Schimidt e o PDT está firme comigo. O Dagoberto só não será meu vice se não quiser", disse Nelsinho ontem, após reunião com o Conselho de Ex-prefeitos da Capital.

 

A exemplo da presidente do Diretório do PT de Campo Grande, vereadora Thaís Helena, Nelsinho confirmou ter recebido orientação do Governo Federal para tentar aliança com os petistas. "Fui orientado pelo Governo federal para buscar aliança com o PT. Perguntei o que o deputado Paulo Duarte (PT) achava e ele disse que isto (aliança) depende do que a população vai achar", explicou Nelsinho, garantindo que vai consultar o eleitorado por meio de pesquisa.

 

        No encontro com os ex-prefeitos, Nelsinho explicou que prepara um "choque de gestão" para o seu segundo mandato. "Caso eu seja eleito, vou reestruturar a máquina. Mas as mudanças eu vou anunciar dia 16 de junho, na segunda reunião do conselho".

Leia Também