Sábado, 18 de Novembro de 2017

Custo do pescado varia até 175% nas peixarias da Capital

20 MAR 2010Por 03h:09
Pesquisa divulgada ontem pelo Procon apontou que a variação do preço do pescado (sardinha inteira) é de até 175,9%. O bacalhau - produto bastante procurado neste período do ano - também registrou diferença de até 51,4% nos valores. O órgão pesquisou mais de 200 itens em 13 peixarias e supermercados: Comper, WalMart, Atacadão, Extra, Carrefour, Fort, Makro, Rede Econômica, Legal, Mercadão, Nutanky, Peixe Sul e Peixaria Rio Sul. A pesquisa foi feita nos dias 15 e 16 deste mês. A loja com o maior número de itens mais baratos é o Mercadão. Na hora de comprar o pescado, o consumidor deve pesquisar bastante antes de levar o produto. É que a sardinha inteira, por exemplo, pode ser encontrada custando entre R$ 3,95 no Mercadão e até R$ 10,90. A segunda maior variação de preço do peixe é o curimba eviscerado, que pode ser adquirido de R$ 5,95 o quilo, até R$ 11. O filé de merluza está saindo a R$ 8,90, no Mercadão; o maior preço encontrado foi de R$ 14,99. O filé de pintado de rio registrou diferença de 67,5% nas cotações e varia de R$ 17,85 e R$ 29,90. O levantamento pesquisou cinco tipos de bacalhau e o que apresentou maior variação é o do Porto. O WalMart vende o produto a R$ 29,90, mas pode custar até R$ 45,28. Ao comprar 5 kg de bacalhau pelo menor preço, o consumidor pode economizar R$ 76,90. De acordo com o superintendente do Procon/MS, Lamartine Ribeiro, o preço do pescado poderá apresentar queda com a proximidade da Semana Santa, porém, depende do mercado: se a procura for maior do que a oferta, os produtos poderão registrar preços ainda maiores. Chocolates Os ovos de Páscoa também apontam diferença de preço de até 94,4%, e em alguns casos, dá para comprar quase duas unidades pelo preço de uma. O ovo Charge de 375 gramas foi o produto com maior variação. Ele custa R$ 16,40 no Atacadão, mas pode chegar a R$ 26,35. Neste caso, ao comprar cinco ovos pelo menor preço, a economia fica em R$ 49,75. Com diferença percentual de até 84,5%, o ovo Spiderman de 170 gramas varia de R$ 12,60 e R$ 23,25. Segundo o superintendente do Procon, antes de ir às compras, o consumidor deve pesquisar. Os chocolates que contêm brinquedos e são lançamento do ano, costumam ser mais caros. A dica do superintendente sobre como comprar ovos de Páscoa, é a de não guiar-se pelo número, mas verificar o peso do produto, pois cada indústria utiliza uma numeração própria, independente do peso.

Leia Também