Sexta, 24 de Novembro de 2017

Criada comissão para definir normas de rotina diária na Unei Dom Bosco

15 SET 2010Por 13h:57

Thiago Gomes

A Unidade Educacional de Internação (Unei) Dom Bosco terá uma rotina própria de funcionamento, a qual os menores infratores serão obrigados a cumprir. Ontem, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) publicou no Diário Oficial a designação das quatro pessoas que integrarão a Comissão Revisora da Rotina da Unidade Educacional de Internação Temporária Dom Bosco, encarregada de desenvolver esse trabalho.
De acordo com a Sejusp, a resolução 162/10 criou a comissão responsável pela formulação de medidas que determinam uma rotina adequada ao local que os jovens ocupam provisoriamente, no antigo prédio da Colônia Penal Agrícola (CPA), na região do Núcleo Industrial, saída para Terenos.
A decisão de criar a comissão revisora foi tomada durante reunião do secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, realizada no dia 9 deste mês, com os servidores das medidas socioeducativas que atuam na unidade.
O encontro aconteceu após o término da reforma dos oito alojamentos da unidade temporária destruídos durante uma rebelião dos reeducandos no dia 2 de setembro.
Conforme o presidente da comissão, o inspetor de medidas socioeducativas Jair da Costa Carvalho, com a medida tomada pelo secretário Jacini, os reeducandos da unidade terão uma rotina criada especificamente para o local onde estão atualmente. “Na essência as medidas socioeducativas baseiam-se em pilares importantes como educação, recreação, esporte e disciplina, por isso é importante que eles jovens tenham uma rotina que contemple todos estes quesitos”, disse.
Além do inspetor Carvalho, a comissão é formada ainda por quatro agentes de assistência socioeducativa: Guilhermo Mendonça Aguiar, Lucio Brandão Leal e Jean Lesseski Couveia.
Conforme o texto da resolução, sob a coordenação do presidente, a comissão tem, a partir de ontem, um prazo de cinco dias para apresentar relatório das modificações das rotinas na unidade temporária. Os adolescentes estão na Unei provisória do antigo prédio da Colônia Penal Agrícola desde o dia 2 de agosto para que sejam realizadas obras de reforma na Unidade Dom Bosco, instalada na região da saída para Três Lagoas

Leia Também