Quinta, 23 de Novembro de 2017

Ambiente

Confira o que é IN e OUT em decoração

13 SET 2010Por 15h:22

Natural

IN - No espaço foi utilizado piso castelato cinza-claro, composto com ladrilhos hidráulicos branco preto e cinza! Os pisos e revestimentos cimentícios imprimem aconchego ao ambiente.

OUT - Pisos brilhantes e com texturas marmorizadas. O uso desse tipo de material não é mais recomendado. “Efeitos marmorizados não são mais utilizados na decoração. Hoje a palavra de ordem é naturalidade”, afirmou o arquiteto Sérgio Astrauskiene, que criou esse ambiente.


Textura concreto

IN - Na parede, há uma nova forma de texturização que imita concreto. É uma nova tecnologia, que fornece maior proteção às paredes. Dica: papéis de parede e espelhos nunca saem de moda.

OUT - Texturas do tipo grafiato, segundo Gleice Cantero, devem ser usadas em ambientes externos. O uso dentro de casa não é mais tendência.


Papel de parede de folhas

IN - Papel de parede é eterno aliado na decoração. Com texturas, cores, formatos e com materiais naturais, pode-se explorar sem ter medo de errar.

OFF - Sempre tomar cuidado nos exageros de estampas, principalmente em pequenos ambientes. O mais aconselhável, de acordo com Gleice, é usar em apenas uma parede, optando por tons neutros nas outras.


Máquina de costura

IN - Reaproveitar materiais. Neste caso, a base da máquina de costura de vovó se transformou num charmoso lavatório. Espaço criado por Gleice Cantero.

OUT - Jogar o material fora sem pensar no reaproveitamento, comprando algo novo, como se fosse descartável.


Quarto Candy

IN - O conceito candy, que lembra balinhas, frutinhas e mashmallow, principalmente num ambiente feminino, está em alta. A colcha é de patchwork, com reaproveitamento de tecidos.

OUT - Estampas mais agressivas, que imitam a pele de animais, são opções que os decoradores apontam como em desuso.


Acabamento rústico

IN - Madeira de demolição ou de aparência rústica ainda é tendência em ambientações, por conferir um ar mais informal ao espaço. O mercado oferece diversos tipos de cores e veios em MDF.

OUT - Madeiras muito escuras como as de tom imbuia e tabaco. Esses padrões de madeira já deixaram de ser tendência por serem muito pesados visualmente. Aposte em madeiras em tons claros, como o mel.


Iluminação com Leds

IN - A iluminação com LEDs oferece inúmeras possibilidades de efeitos de luz para o ambiente. É possível trabalhar diversas cores, intensidades e atmosferas. Os LEDS são uma opção muito mais econômica. O ambiente é do arquiteto Sérgio Astrauskiene.

OUT - Iluminação branca. Hoje em dia a iluminação cênica é muito importante para o ambiente e lâmpadas fluorescentes oferecem um efeito de luz sem profundidade que não valorizam o cômodo.


Painel sustentável

IN - O painel atrás da cama é de madeira certificada em pequenos tamanhos, lembrando canjiquinha. Sugestão de Glaucya Taraskevicius.

OUT - Utilizar madeiras raras, que demoram muito para crescer; utilizar réguas grandes do material, obrigando que uma árvore grande seja derrubada.


Lareira ecológica

IN - Uso de lareira ecológica, com biocombustível e alimentada com álcool de cereais é uma das tendências ligadas à sustentabilidade do meio ambiente. Algumas são até portáteis (sim, portáteis), como estas três sobre a mesa do ambiente Sala da Lareira, do Polo Design Show 2010, assinado por Andréia Carla Médici.

OUT - Usar uma madeira na lareira que não é ecologicamente correta.


Porcelanato grande

IN - Usar peças de porcelanato grande. Neste ambiente criado por Glaucya Taraskevicius, foi usada uma peça de 3 m x 1 m, com menos rejunte e facilitando a limpeza. Por baixo dele há um sistema de aquecimento, que é facilitado pelo fato de o porcelanato ser mais fino, consumindo menos energia.

OUT - O porcelanato pequeno, porque dificulta a limpeza por necessitar de mais rejunte.

Leia Também