Sábado, 18 de Novembro de 2017

Conab realiza hoje leilão do milho safrinha

22 JUL 2010Por 07h:24
Cícero Faria, Dourados

O Ministério da Agricultura, através da  Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), realiza hoje às 8h (horário de MS), mais leilão de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) beneficiando também os agricultores de Mato Grosso do Sul e mais quatro estados.
Será um milhão de toneladas de milho e de Mato Grosso do Sul – que começa agora a colher a sua safrinha, serão ofertadas 80 mil toneladas para entrega em outubro. Com o PEP, os produtores de milho poderá comercializar a sua safra, cujos preços estão abaixo do esperado. O prêmio pago nas regiões norte e sul do Estado são diferenciados para estimular o arremate eletrônico.
Os produtos são também originários de Goiás (130 mil t), Minas Gerais (70 mil t), Mato Grosso (600 mil t) e Paraná (120 mil t). As operações serão realizadas por meio do Sistema de Comercialização Eletrônica da Conab.
O PEP é um prêmio concedido ao comprador que adquire e transporta o produto nos leilões, onde são definidos a origem e o destino da mercadoria. O milho deve ser comprado diretamente do produtor ou cooperativa.

Mais
O Ministério da Agricultura vai dobrar a quantidade de milho semanal negociada em leilões de Prêmio para  Escoamento de Produto (PEP), passando de um para dois milhões de toneladas. A partir de agora, também não haverá limite no volume do produto a ser adquirido de cada produtor, antes estipulado em mil toneladas.
 A primeira negociação do novo PEP pela Conab ocorrerá na próxima semana. A mudança atende o setor produtivo e industrial. O governo já apoiou a venda de 5,4 milhões de toneladas de milho e  a meta é alcançar 12 milhões esse ano. Desde maio, a Conab vem realizando leilões para apoiar a comercialização do grão.

Leia Também