Domingo, 19 de Novembro de 2017

Comitê de Dilma em MS será inaugurado no fim de semana

3 AGO 2010Por 10h:02
Lidiane Kober

O comitê de campanha da candidata do PT à sucessão presidencial, Dilma Rousseff, deverá ser inaugurado no próximo final de semana em Campo Grande. Ontem, o candidato ao Senado na chapa de José Orcírio dos Santos (PT), Dagoberto Nogueira (PDT), e o suplente de senador, Antonio João Hugo Rodrigues (PTB), foram visitar o prédio, localizado na Avenida Calógeras, 137. O espaço, de mais de 500 metros quadrados, dispõe de 17 salas, equipadas com ar-condicionado, mesas e cadeiras.
O senador Valter Pereira (PMDB), escolhido, na semana passada, como coordenador-geral da campanha da petista em Mato Grosso do Sul, será o responsável por organizar a estrutura do comitê. Ainda ontem, ele conversou com  Dagoberto sobre estratégias para angariar votos em favor de Dilma no Estado.
Conforme recente pesquisa do Ibrape para o jornal Correio do Estado, a petista está 10 pontos percentuais atrás do tucano José Serra na disputa eleitoral em Mato Grosso do Sul. “Acredito que no próximo levantamento o jogo vai virar”, opinou Dagoberto.
A expectativa leva em conta o apoio da maioria dos prefeitos à candidatura da petista. “Hoje, pelo menos 40 dos 78 prefeitos do Estado estão com a Dilma”, calculou o candidato a senador. Ele ainda espera ampliar a lista de aliados. “O Nelsinho Trad – do PMDB – vai ser coordenador do comitê de prefeitos pró-Dilma e sua missão será atrair mais parceiros”, ressaltou.
O peemedebista contará ainda com o apoio do presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul, Beto Pereira (PSDB). O prefeito de Terenos, que é filho de Valter, deixará de apoiar o correligionário José Serra para ajudar a eleger Dilma.

Inauguração   
Na próxima quinta-feira, quando voltar de Brasília, Dagoberto irá se reunir com Valter e Nelsinho para planejar a inauguração do comitê. “Queremos inaugurar o espaço ainda neste final de semana”, contou.
O prédio deverá abrigar outro ato político, no dia 24 de agosto, data da visita de Dilma e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Campo Grande e Dourados. “Vamos tentar levar a Dilma no comitê para conhecer as instalações e apresentar suas propostas aos eleitores”, acrescentou Dagoberto.

Colaborador
O prédio que abrigará o comitê da petista foi cedido pelo suplente de senador Antonio João Hugo Rodrigues. Ele decidiu colaborar com a equipe de coordenação da campanha de Dilma no Estado por considerá-la a melhor opção para suceder o atual presidente. “Se ela for no mesmo caminho do Lula, está bom demais”, declarou Antonio João.

Leia Também