Segunda, 20 de Novembro de 2017

Com eliminação, muitos apostam no Paraguai

3 JUL 2010Por 00h:13
Vânya Santos

Depois da derrota da seleção brasileira para a Holanda, por 2 a 1, alguns campo-grandenses transferiram a torcida para o Paraguai, enquanto outros querem a desclassificação da Argentina. Há também quem se mostre desiludido e afirme não ter mais preferência pelas seleções, que ainda estão na disputa.
O soldado Diogo Franchini, 19 anos, garantiu que torcerá para a vitória do Paraguai, que enfrenta hoje, às 14h30min, a Espanha. “É um país que faz fronteira com o Brasil”, justificou, avaliando como ruim o jogo feito pela seleção brasileira ontem de manhã. A assessora jurídica Maria Raquel Lopes de Oliveira, 24 anos, garantiu que torcerá para o Paraguai, já que tem família no país vizinho. Para ela, também seria uma boa ideia se o título de campeã do mundo ficasse com a seleção de Gana.
O vendedor Jean Adames de Lana, 25 anos, afirmou que torcerá para o Paraguai. “É um país irmão e tenho muitos amigos lá”, justificou, ressaltando que apesar da torcida, acredita que a Argentina será a campeã da Copa do Mundo.
“Para mim, a Copa já acabou”, revelou o mototaxista Lucas Matheus de Lima, 22 anos. Ele contou que não irá torcer para outra seleção porque o sentimento é de desilusão com a derrota do Brasil. “Era para o Brasil ter feito suco de laranja dos holandeses”, opinou.

Contra Argentina
O vendedor Nicholas Adames dos Santos, 21 anos, torce para que a Alemanha desclassifique os argentinos. Para ele, o primeiro tempo do jogo dos brasileiros foi ótimo, mas no segundo tempo a equipe era outra. “Fica o sentimento de torcedor insatisfeito”.
“Torço contra a Argentina”, revelou o aposentado Ataliba Alli, de 69 anos, que acredita que a Alemanha tenha mais chances de conquistar a vitória.

Leia Também