Domingo, 19 de Novembro de 2017

Colisão na Via Parque deixa dois feridos

7 ABR 2010Por 23h:13
Flávio Paes

Dois caminhões - um F-600  e um Volks 8-150 - colidiram ontem à tarde no cruzamento da Avenida Via Parque com a  Rua Henrique Aragão, deixando dois feridos,  além de destruir parcialmente o muro de uma residência. O motorista do 8-150, Aldo Marin e a  passageira, Tatiane Martins,  ficaram feridos, sem gravidade.

O caminhão Volkswagen ¾, de placas HRP-9176, seguia pela avenida quando no cruzamento com a Rua Henrique Aragão colidiu com o Ford F-600, de placas HQG-6345.

Com a colisão, o F-600 conduzido por José Bispo, de 65 anos, que estava carregado com galhos e folhas, rodopiou na pista e atingiu o muro de uma residência.

Bispo admitiu que a “preferência” era do caminhão que vinha pela Via Parque. Ao parar  no cruzamento,  avistou o 8-150 a cerca de 150 metros, e avaliou que haveria tempo para cruzar a avenida. Calculou errado e o choque foi inevitável porque, segundo ele,  o outro motorista dirigia a mais de 100 km/h, quando a  velocidade permitida na via é de 60 km/h. Uma motorista que vinha atrás de Bispo e viu o acidente confirma a versão de que o condutor do Volkswagen estava em alta velocidade. “Para fazer um caminhão entrar em uma casa desse jeito, o outro estava muito rápido”, observa.
Donizete Mendes, que trabalhava em uma obra próxima do local, conta que ouviu apenas o barulho da colisão dos veículos. “Foi o barulho mais assustador que já ouvi”, confessa.

Leia Também