Terça, 21 de Novembro de 2017

Clássico mineiro é só para a torcida do Galo

1 AGO 2010Por 21h:19
Sete Lagoas

A reforma do Mineirão para adequar-se à disputa da Copa do Mundo de 2014 refletiu diretamente nos grandes utilizadores do estádio, Atlético-MG e Cruzeiro, que tiveram que mandar os seus jogos na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Porém, a baixa capacidade do estádio (13.600 lugares foram liberados) fez com que o maior clássico do futebol mineiro, que ocorrerá neste domingo, às 17h30min (MS), fosse disputado apenas com a presença de torcedores do Galo (no segundo turno só cruzeirenses estarão presentes), após acordo entre as diretorias das equipes e os órgãos de segurança pública.
As duas equipes vivem situações distintas no Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro tem 16 pontos em 11 rodadas e está lutando para entrar no G-4, enquanto o Atlético-MG, com 10 pontos, está na zona do rebaixamento.
Para justificar o grande número de contratações que fez, trazendo jogadores como os meias Diego Souza e Daniel Carvalho e o zagueiro Réver, o Atlético-MG, do técnico Wanderley Luxemburgo, deve voltar a utilizar o esquema 3-5-2, com Werley, Campos e Cáceres na zaga e Diego Souza fazendo a dupla de ataque com Diego Tardelli.
Já o Cruzeiro, do técnico Cuca, quer voltar a vencer após duas rodadas sem triunfar, nas quais perdeu para o Fluminense (1 a 0) e empatou com o Grêmio (2 a 2). Sem saber se poderá contar com os meias Gilberto e Roger, que se recuperam de lesões, o comandante cruzeirense tem treinado a equipe com Fabinho como terceiro zagueiro e Everton na armação.
Nos outros jogos da rodada: Vitória x Botafogo, Avaí x Goiás e Grêmio Prudente x Santos.

Leia Também