Sexta, 24 de Novembro de 2017

Circunstâncias da morte de idoso serão apuradas em Brasilândia

16 AGO 2010Por 06h:40
A Polícia Civil investiga as circunstâncias do assassinato de um homem de 62 anos em Brasilândia, distante 399 quilômetros de Campo Grande. A vítima, identificada como Milton Matos, foi encontrada morta dentro de sua residência, por volta das 22h de sábado. No local, havia um aparelho celular e foi localizado o projétil que matou o idoso.
Uma testemunha informou à Polícia Militar que teria ouvido um disparo de arma de fogo e logo em seguida um grito. Uma guarnição da PM foi acionada e ao chegar ao local, encontrou Milton Matos já sem vida.
Outras mortes
Entre a noite de sexta-feira e a noite de sábado, pelo menos sete pessoas foram assassinadas em Mato Grosso do Sul. Em Três Lagoas, um cabo da Rotai (Rondas Ostensivas Táticas do Interior) foi morto a tiros.
 Em Dourados, a adolescente Idayane Sena, de 17 anos, foi morta a facadas pelo ex-namorado, na frente da irmã de 13 anos. Em Rio Brilhante, o sapateiro Bartolomeu Rodrigues da Costa, 54, foi assassinado com três tiros após envolver-se em discussão num bar.
Outro desentendimento, desta vez em Coxim, acabou com a morte de Nildo José de Moraes, 39 anos. A vítima consumia bebida alcoólica em companhia do autor do crime, quando ambos entraram em discussão. Nildo teria agredido o amigo, que sacou um revólver e disparou quatro tiros, matando-o.
Em Amambai, um jovem aparentando ter 19 anos teve o corpo carbonizado, próximo ao campus da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems). Uma das hipóteses levantadas pela polícia, é de que a vítima, ainda não identificada, tenha sido baleada e em seguida foi queimada viva. (DA)

Leia Também