Sábado, 18 de Novembro de 2017

CBF vai vigiar as obras dos estádios para Copa de 2014

5 AGO 2010Por 07h:39
Rio de Janeiro

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, afirmou que todas as obras dos estádios da Copa do Mundo de 2014 serão vigiadas 24 horas por dia por câmeras, em uma espécie de “Big Brother”. Curiosamente, o projeto apresentado pelo mandatário não tem a cidade de São Paulo, que ainda tem problemas para definir sua sede.
Teixeira afirmou que, por enquanto, a capital paulista está fora do Mundial do Brasil e por isto não faz parte do projeto inicial. “São Paulo, hoje, não é uma das sedes da Copa. São Paulo não tem estádio. Para ser sede, tem que indicar um local”, afirmou o presidente.
O presidente, entretanto, não descartou a participação da cidade na Copa, mas afirmou que a decisão tem que sair rapidamente, pois um estádio que possa abrigar a abertura ou o encerramento de um Mundial precisa de, pelo menos, dois anos e meio para ser construído. “Foi assim, por exemplo, na África do Sul. Em ritmo veloz e fora do comum, levou 30 meses para o estádio ser erguido”, lembrou ele.

Leia Também