Sexta, 17 de Novembro de 2017

Tragédia

Carvoeiro morre atropelado

22 JAN 2010Por SILVIA TADA08h:21
Carvoeiro identificado apenas como “Tião”, de 40 anos, morreu atropelado na madrugada de ontem, na MS-040, em Campo Grande. Ele e quatro amigos fizeram uma fogueira no meio da pista para se proteger do frio, na altura do KM 10. Por volta das 4h40min, o caminhoneiro Ademir Silvestre Espíndola, de 52 anos, que seguia pela rodovia, surpreendeu- se com a presença do grupo e ainda tentou desviar, passando para a outra faixa, mas a vítima correu para o mesmo lado e foi atingida. Informações do boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil indicam que no momento do acidente havia forte neblina, o que dificultou a visibilidade do condutor. Ademir dirigia a Scania de placas HRO-5513, com uma carreta-caçamba em direção a São Paulo. Companheiros de Tião relataram que são de Ribas do Rio Pardo e trabalharam em uma carvoaria. Ao terminar o trabalho, decidiram ir embora a pé. Como o frio ficou mais intenso, atearam fogo em pedras de carvão e madeira e ficaram nas proximidades. A iniciativa, porém, terminou com o acidente e morte. A vítima morreu na hora. O Corpo de Bombeiros foi até o local, mas apenas constatou o óbito. A Polícia Rodoviária Estadual também atendeu à ocorrência. O caso foi registrado no Centro de Polícia Especializada (Cepol).

Leia Também