Sábado, 25 de Novembro de 2017

SUSPENSÃO

Cartões causam pânico em jogadores

2 JUL 2010Por 07h:09
PORT ELIZABETH, África do Sul

O brasileiro Kaká e o holandês Arjen Robben fazem parte do grupo de 11 jogadores que sofrem a ameaça do cartão amarelo e que deverão ter muito cuidado em campo nas quartas de final da Copa na partida de hoje entre Brasil e Holanda.
Na mesma situação que o astro do Real Madrid estão seus colegas Luís Fabiano, Juan e Felipe Melo, que poderão ficar de fora de uma eventual semifinal caso recebam uma nova advertência na partida que será disputada no estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elisabeth.

Kaká já ficou fora de um jogo depois de receber um segundo cartão amarelo na partida que o Brasil disputou contra a Costa do Marfim (vitória brasileira por 3 a 1, na segunda rodada do grupo G do Mundial).
Por causa dos cartões amarelos, os brasileiros já não poderão contar com Ramires, que recebeu a segunda advertência contra o Chile pelas oitavas de final (vitória do Brasil por 3 a 0).

Com a Holanda é ainda pior, pois simplesmente sete jogadores correm perigo de ser punidos com uma partida de suspensão caso sejam advertidos com um cartão no jogo contra o Brasil.
O atacante Arjen Robben, que recebeu um cartão amarelo na vitória de sua equipe por 2 a 1 contra a Eslováquia nas oitavas de final, e o artilheiro Robin van Persie, também poderão ficar de fora das semifinais, caso vençam o Brasil, se o árbitro japonês Yuichi Nishimura mostrar um cartão para eles.
Eles deverão ter muito cuidado, já que o juiz japonês já mostrou ser inflexível e apresentou o primeiro cartão vermelho do torneio, quando mandou o uruguaio Nicolás Lodeiro mais cedo para o chuveiro.

Nishimura também apitou o duelo em que a Espanha derrotou por 2 a 0 Honduras na primeira fase, marcando um pênalti a favor da Fúria, que o artilheiro David Villa desperdiçou.
Para o técnico brasileiro Dunga, o temor do cartão amarelo ganha um peso extra e aumenta a tensão vivida por seus jogadores, principalmente no caso de Kaká, seu craque e criador das jogadas brasileiras.

Já a Federação Internacional de Futebol (Fifa) anunciou que, para as semifinais, qualquer jogador que tiver recebido um cartão amarelo na primeira fase, nas oitavas ou nas quartas, terá as advertências acumuladas canceladas.

Leia Também