Quarta, 22 de Novembro de 2017

Carro-forte levava 14,5 quilos de cocaína

27 FEV 2010Por 05h:07
A Polícia Federal barrou 14,5 quilos de cocaína que estavam entrando em Campo Grande, vindos da Bolívia, e prenderam José Denivaldo Pereira Brandão, acusado do tráfico. A apreensão ocorreu por volta das 20 horas de quinta-feira, na BR-262, posto de fiscalização em Terenos. O entorpecente era carregado no veículo de uma empresa de transporte de valores. Os agentes federais interceptaram para fiscalização uma Saveiro, pertencente à transportadora de valores e que era conduzida por José Denivaldo Pereira Brandão, 32 anos, residente no Bairro Coronel Antonino, em Campo Grande. No momento da abordagem, o motorista negou-se a abrir o cofre do veículo, alegando não possuir as chaves e que tal procedimento somente se processaria via satélite. Diante disso, a Polícia Federal acionou o gerente da empresa, que compareceu ao local e abriu o compartimento de segurança. No interior do cofre, os federais encontraram 14 pacotes contendo, no total, 14,5 quilos de cocaína e, ainda, duas caixas de munição calibre 22. Posteriormente, os policiais localizaram as chaves do cofre, escondidas pelo motorista sob o banco do carro. Denivaldo alegou em seu depoimento que fora contratado por uma pessoa em Corumbá, fronteira com a Bolívia, para transportar a droga até Campo Grande. O entorpecente seria entregue a um indivíduo que faria contato. Ele disse que receberia R$ 5 mil pelo serviço. Entretanto, não forneceu dados sobre o contratante e sobre o destinatário que pudessem ajudar a polícia na identificação. Ainda segundo as informações, Denivaldo, que há sete anos trabalhava para a empresa de transporte de valores, foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e contrabando, visto que na carroceria da Saveiro os policiais também encontraram dois pneus novos adquiridos na Bolívia. Maconha Durante operação no quilômetro 67 da BR-463, em Ponta Porã, na noite de quinta- feira, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 49 quilos de maconha. A droga estava com L.J.S., de 31 anos, condutor do GM/Chevy, placas CQR-2456, de São Paulo. Conforme divulgou a PRF, ao ser abordado para fiscalização, o motorista, residente na capital paulista, apresentou contradições sobre os motivos de sua viagem a Ponta Porã, o que levou os policiais rodoviários a realizarem uma minuciosa busca no carro. Na vistoria, descobriu-se um compartimento (fundo falso) sob a carroceria do veículo, com acesso por trás dos bancos. No local, foram encontrados 20 tabletes da maconha. O acusado disse aos agentes, inicialmente, que fora contratado para pegar o veículo na fronteira e levá-lo até São Paulo, onde o entregaria a uma pessoa a quem não soube identificar. Revelou que receberia uma boa quantia em dinheiro, sem especificar o montante. A ocorrência foi encaminhada para Delegacia de Polícia Federal local, que dará prosseguimento às investigações. Enquanto isso, em Mundo Novo, no quilômetro 23 da BR- 163, também foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal cerca de 15 quilos de maconha. O produto encontrava- se no ônibus placas GXS 7101/PR, itinerário Paranhos/ Mundo Novo. A droga estava sendo transportada por uma adolescente de 15 anos.

Leia Também