Domingo, 19 de Novembro de 2017

TRAGÉDIA EM LAGUNA CARAPÃ

Carro bate em moto e deixa quatro mortos

5 JUL 2010Por 06h:55
Fábio Dorta, Dourados

Quatro pessoas morreram - entre elas uma criança de cinco anos de idade - e outra ficou ferida em um violento acidente, ocorrido na noite de anteontem, na altura do km 28 da rodovia MS- 379, no município de Laguna Carapã,  na região sul do Estado. A colisão envolveu um automóvel e uma motocicleta.
O empresário Claudiomiro Vagner, de 37 anos, retornava de Dourados para Laguna Carapã, por volta das 22h30min de sábado, em companhia da esposa Elizete Padilha Pedroso, também de 37 anos, e do filho deles, Eduardo Vagner, 5 anos. Eles ocupavam um Fiat Uno, cor verde, com placa de Caarapó, que acabou batendo em uma motocicleta Yamaha YBR preta, placa de Aquidauana, pilotada por Anderson dos Santos, de 19 anos. O motociclista levava na garupa, Luiz Carlos Pereira, de 33 anos. O carro e a moto trafegavam no mesmo sentido.
Com o impacto da colisão, os dois ocupantes da motocicleta foram arremessados contra a pista. Eles tiveram várias fraturas, além de lesões na cabeça, e morreram ainda no local do acidente.
Já o Fiat Uno, desgovernado, entrou em um canavial à margem da rodovia e pegou fogo. Claudiomiro e o filho morreram carbonizados. Elizete conseguiu sair antes que o veículo fosse tomado pelas chamas.

Hospitalizada
A mulher foi socorrida por funcionários da usina de álcool São Fernando, que fica a cerca de dez quilômetros do local do acidente e encaminhada, em estado de choque e com várias lesões pelo corpo, para o Hospital da Vida, em Dourados. Elizete permaneceu internada em observação, mas não corre risco de morte.
Segundo as informações, o empresário Claudiomiro Vagner estaria se dedicando à instalação de uma padaria na cidade de Dourados e no sábado, depois de ter trabalhado no empreendimento até o início da noite, retornava para Laguna Carapã, quando se envolveu no acidente.
Por causa da ocorrência trágica, a Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE) teve de interditar a pista até que os corpos dos ocupantes da motocicleta, que ficaram sobre o asfalto fossem retirados do local. O acidente foi tão violento que além do carro ter queimado, a motocicleta foi partida ao meio. Os peritos da polícia também estiveram no local.

Leia Também