Quarta, 22 de Novembro de 2017

Capital terá nova prefeitura em três anos

26 JAN 2010Por 07h:58
A nova Prefeitura de Campo Grande deverá ser concluída em três anos, segundo estabelece o termo de cooperação mútua assinado pelo prefeito Nelsinho Trad e o diretor-presidente da empresa Arbeit Desenvolvimento Imobiliário Ltda., Oscar Alfredo Muller, na sexta-feira, e publicado ontem no Diário Oficial . Nesta semana, técnicos do grupo alemão estão sendo esperados na Capital para apresentação da planilha de custos do novo Paço Municipal, segundo Nelsinho. O objetivo do convênio é a “conjugação de esforços para agilização de procedimentos visando à implementação de medidas com vistas à efetivação da construção e operação do novo empreendimento, sob a responsabilidade exclusiva da Arbeit”. Nelsinho pretende inaugurar a obra até o final de seu mandato, em 2012. Em troca da construção, a empresa receberá um terreno para implantação de um shopping. Consta no documento que o Paço será construído numa área de 16,8 hectares – o equivalente a cerca de 17 campos de futebol – localizada nos altos da Avenida Afonso Pena, no Parque dos Poderes. O espaço, denominado como Centro Administrativo de Campo Grande, irá abrigar o gabinete e outras 11 secretarias, sendo que a maioria atualmente funciona em prédios alugados. Para o prefeito, a construção irá proporcionar a economia no pagamento de aluguel, além de facilitar a vida do cidadão, que contará com a centralização dos serviços prestados pela prefeitura e também estará próximo a prédios como Executivo estadual, Legislativo, Judiciário e outros órgãos. O local onde atualmente funciona o Paço Municipal será transformado em mais um centro de atendimento ao cidadão, semelhante ao localizado na Rua Cândido Mariano. Grupo A Arbeit se apresenta como uma empresa que investe em vários setores da economia brasileira, como energia, desenvolvimento imobiliário, fusões e aquisições, aeroespacial e também financeiro. O empreendimento foi estruturado inicialmente para prestação de serviço de consultoria estratégica e financeira a grupos internacionais que pretendiam investir em indústrias no Brasil. Posteriormente, essa área de atuação foi ampliada e ela passou a trabalhar com a reestruturação de empresas e também como investidora. Conforme o grupo alemão, ele prioriza os investimentos em locais onde são identificados potencial de crescimento ou de mercado.

Leia Também