Sábado, 18 de Novembro de 2017

Cantor e compositor Délio morre na Capital

9 FEV 2010Por SCHEILA CANTO01h:40
Responsável pela projeção musical mato-grossense e sul-mato-grossense, no cenário nacional, José Pompeu, o Délio da dupla Délio e Delinha, morreu ontem às 16h, dois meses antes de completar 85 anos. Ele foi vitimado por uma parada cardíaca, decorrente de um enfisema pulmonar, no Hospital do Câncer. O corpo está sendo velado na Câmara Municipal e o enterro será no cemitério Jardim da Paz, hoje, às 17h. De acordo com informações do filho João Paulo, a doença de Délio foi diagnosticada há 3 anos e, nos últimos 2 anos, foram muitas idas e vindas ao hospital. “Esta última internação aconteceu há uma semana. Mas ele estava ainda confiante na cura. Ele dizia que a pior morte para ele era não poder mais cantar e não a doença em si”, declarou emocionado. Segundo Delinha, o último show realizado pela dupla foi em março de 2009, em Inocência, porém tiveram de encerrar a apresentação no meio do repertório, porque Délio não teria força para permanecer no palco.

Leia Também