Quinta, 23 de Novembro de 2017

Caminhão invade residência na Vila Romana, na saída para Aquidauana

20 JUL 2010Por 08h:20
Silvia Tada

Caminhão boiadeiro invadiu a área de uma residência, destruiu um cômodo e condenou a estrutura da casa. O acidente ocorreu no início da noite de ontem, na Rua Claudio Augusto, na Vila Romana, em Campo Grande, na região da saída para Aquidauana. Três pessoas estavam na cozinha no momento da colisão, mas ninguém ficou ferido. O cômodo mais atingido foi onde costumava dormir a neta dos proprietários. A dona da casa, Maria de Lurdes, de 62 anos, que é hipertensa, passou mal e foi levada para o posto de saúde da Vila Almeida.
O Corpo de Bombeiros esteve no local e isolou a área para evitar que pessoas ficassem feridas. O gás foi desligado, assim como a energia, pois foram registrado pequenas explosões na rede. A Defesa Civil era aguardada para dar assistência à família e avaliar os danos estruturais da moradia.
Conforme informações do motorista do caminhão, Joanilson Gaspar Rezende, de 32 anos, havia acabado de estacionar o caminhão e foi a um bar comprar cigarros. Quando percebeu, o veículo começou a descer a rua e percorreu cerca de 20 metros até bater na residência. “Ainda tentei subir na cabine e puxar o freio, mas não deu tempo”, lamentou. O proprietário do caminhão foi acionado pelos Bombeiros e afirmou que possui seguro.
Desespero
A família ficou desesperada ao ver a casa destruída. Valdirene Calves, de 30 anos, é filha da moradora e vive na casa ao lado, que não chegou a ser atingida. “Moramos aqui há 16 anos. A casa da minha mãe começou a ser feita há seis anos, sempre com a ajuda de todos. Agora, está tudo destruído”, lamentou.
Ela estava na cozinha quando o veículo invadiu a área. “Tudo começou a cair. Foi muito rápido. Graças a Deus, ninguém ficou ferido”, dizia chorando, com o filho de dez meses no colo. Como a casa foi interditada pelo Corpo de Bombeiros, os moradores ficariam abrigados na casa dos parentes.

Leia Também