Quarta, 22 de Novembro de 2017

Button vence e Massa supera Alonso

29 MAR 2010Por 10h:49
Em uma corrida emocionante, cheia de alternativas, em que os pilotos enfrentaram chuva, superaram acidentes e protagonizaram ultrapassagens, a vitória no GP da Austrália ficou com Jenson Button, da equipe Mclaren. O inglês largou em quarto lugar, mas contou com uma boa estratégia de troca de pneus e, principalmente, com a sorte. Porque, se não fosse o problema nos freios de Sebastian Vettel, a vitória deveria ficar mesmo com o alemão, que saiu na pole position e outra vez lamentou a falta de confiabilidade de sua Red Bull. Confirmando a imprevisibilidade da prova, o polonês Robert Kubica levou a Renault à segunda posição, após sair em nono. Felipe Massa chegou em terceiro lugar e obteve o segundo pódio seguido, beneficiado após uma boa largada. O brasileiro soma 33 pontos e encosta no companheiro Fernando Alonso. Ao contrário do brasileiro, o espanhol da Ferrari foi o maior prejudicado na saída, mas conseguiu chegar bem após uma corrida de recuperação e manteve a liderança do Mundial com 37 pontos. Rubens Barrichello foi discreto e provou que, de fato, o bom desempenho da Williams no treino de classificação era o limite do carro. Ele largou em oitavo e chegou nesta mesma posição. Já Lucas di Grassi ficou na corrida apenas 25 voltas. Bruno Senna durou bem menos: abandonou logo na sexta volta, enquanto seu companheiro Karun Chandhok chegou quatro voltas atrás do líder, mas levou a Hispania a completar sua primeira corrida na Fórmula 1.

Leia Também