Quinta, 23 de Novembro de 2017

Brasileira fecha participação no Canadá

26 FEV 2010Por 06h:50
A brasileira Maya Harrisson não conseguiu esconder a frustração com a forma com que estreou nos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver 2010. Na última quarta-feira, a brasileira perdeu uma porta e não conseguiu completar o slalom gigante. Hoje Maya tem mais uma oportunidade de tentar completar a prova olímpica. A atleta disputa, a partir das 14h (MS), a prova de slalom, na mesma montanha de Whistler Creekside. Apesar de preferir o slalom gigante, Maya afirma que vai tentar se superar no slalom. As duas provas são parecidas. O slalom tem um percurso mais curto, que exige menos velocidade e mais técnica dos atletas. “Eu prefiro e tenho mais confiança no slalom gigante. Mas agora não adianta pensar desta forma. Vou fazer o meu melhor”, afirma a brasileira. Para o presidente da Confederação Brasileira de Desportos na Neve, Stefano Arnhold, Maya está aprendendo muito com a primeira experiência olímpica. Maya tem apenas 17 anos e está sendo trabalhada para a próxima edição dos Jogos Olímpicos, em 2014, na cidade russa de Sochi. “Logo após o slalom gigante, eu pedi a Maya para canalizar toda a raiva e frustração que ela estava sentindo em energia positiva para o slalom”, afirmou Stefano. O outro brasileiro no esqui alpino dos Jogos de Inverno em Vanvouver é Johnatan Longhi. O atleta disputa o slalom amanhã.

Leia Também