Sexta, 24 de Novembro de 2017

Bovespa recua 3,22% e dólar atinge R$ 1,82

19 MAI 2010Por 06h:20
São Paulo

O mercado brasileiro de ações retrocedeu para os níveis de preços praticados no fim de outubro de 2009, na rodada de negócios de ontem. Em meio a temores sobre a economia europeia, e com muita aversão ao risco, a ponta de venda ganhou mais força perto do encerramento das operações de ontem, o quarto dia consecutivo de desvalorização das ações brasileiras.
Em pouco mais de um mês, a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) perdeu quase 10 mil pontos, pelo índice acionário Ibovespa.
O Ibovespa, que reflete os preços das ações mais negociadas, recuou 3,22% no fechamento, aos 60.841 pontos. O giro financeiro foi de R$ 6,82 bilhões. Nos EUA, o índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, teve perda de 1,08% no encerramento das operações.
A corretora Planner divulgou ontem relatório em que aponta como “provável” o nível de 60 mil pontos como próximo piso do índice.

Dólar
O dólar comercial foi vendido por R$ 1,822, em acréscimo de 0,55%. A taxa de risco-país marca 222 pontos, número 7,77% acima da pontuação anterior.
Entre as principais notícias do dia de ontem, a UE (União Europeia) repassou à Grécia 14,5 bilhões de euros, no âmbito do pacote de 110 bilhões de euros acordado com o FMI (Fundo Monetário Internacional). O país mediterrâneo tem bilhões de euros em dívidas a vencer neste mês. No front doméstico, a Receita revelou que o país teve uma arrecadação de R$ 70,9 bilhões em impostos e contribuições no mês de abril, bem acima das projeções do mercado (em torno de R$ 67 bilhões).

Leia Também