Quarta, 22 de Novembro de 2017

Botafogo quebra tabu e garante título

19 ABR 2010Por 21h:36
Rio de Janeiro

Há 21 anos sem conseguir derrotar o Flamengo em uma decisão, o Botafogo acabou ontem, no Maracanã, com o estigma de “vice” do Rubro-Negro. O time alvinegro comandado por Joel Santana venceu por 2 a 1 e conquistou a Taça Rio. Como já tinha levantado a Taça Guanabara, a equipe da estrela solitária chegou ao título carioca sem necessidade de uma decisão extra.
O resultado premiou a maior determinação do Botafogo, que mostrou muita raça e conseguiu segurar a pressão do Flamengo. Os estrangeiros Herrera e Loco Abreu, ambos de pênalti, marcaram os gols do Botafogo.
Vágner Love descontou para o Flamengo. Quando era chamado de “chifrudo” pelos torcedores e o Botafogo já vencia por 2 a 1, Adriano desperdiçou um pênalti.

O jogo
No começo da partida prevaleceu a violência e a catimba, e foi por meio de uma falta que o Botafogo abriu o placar aos 21 minutos, em pênalti cometido por Ronaldo Angelim em Fábio Ferreira dentro da área flamenguista. Herrera bateu no meio do gol e fez.
Ao 44 minutos, o gol rubro-negro saiu com Vagner Love, que aproveitou rebote na pequena área botafoguense para mandar para a rede rival.
O segundo tempo continuou movimentado, e aos 27 minutos, o Botafogo teve novo pênalti, cometido por Maldonado, que puxou Herrera dentro da área. Loco Abreu cobrou e marcou o segundo do Alvinegro.
O Flamengo ainda teve a chance de empatar logo em seguida, em pênalti de Fahel sobre Ronaldo Angelim. Adriano, porém, teve sua cobrança defendida pelo goleiro Jefferson.

Leia Também