Segunda, 20 de Novembro de 2017

Bombeiros atendem 60 incêndios em um dia

14 AGO 2010Por 04h:49
DANIELLA ARRUDA

Força-tarefa do Corpo de Bombeiros atendeu anteontem 60 ocorrências de incêndios na área urbana e rural de Campo Grande, que consumiram pelo menos 1.100  hectares de pastagem e vegetação. A área de maior extensão devastada pelas chamas foi em uma propriedade rural situada à margem da BR-163, em São Gabriel do Oeste. Cinco bombeiros e 40 funcionários da fazenda utilizaram tratores e um caminhão-pipa para combater o fogo, que se alastrou por uma área de 400 hectares. Cerca de 40 mil litros de água foram utilizados para conter as chamas, o que aconteceu somente depois de seis horas de trabalho.
Os bombeiros também tiveram trabalho para combater outro incêndio em área rural na MS-080, na região da saída para Rochedo, a aproximadamente 50 quilômetros de Campo Grande. Auxiliados por oito pessoas e quatro tratores, cinco militares e uma viatura levaram cerca de oito horas para combater as chamas, que, além de consumir 300 hectares de pastagem, inclusive a vegetação de uma área de preservação permanente, destruíram cercas e cochos para o gado.
Outra queimada de grandes proporções mobilizou duas equipes da força-tarefa dos bombeiros na BR-163, após a fazenda-escola da Anhanguera / Uniderp, resultando em 250 hectares consumidos pelo fogo. A assessoria de comunicação da corporação informou ainda que os bombeiros receberam outros 76 chamados, que não foram confirmados ou nos quais as ocorrências não puderam ser atendidas.
Por causa da associação de tempo seco e quente a fortes ventos, o Corpo de Bombeiros decidiu criar força-tarefa para reforçar os trabalhos de combate a incêndios nas áreas urbana e rural da Capital, deslocando 20 militares que faziam serviços administrativos para as guarnições operacionais. O efetivo foi distribuído em quatro equipes, duas delas sediadas no Comando Geral e as demais nos quartéis da Avenida Coronel Antonino e Costa e Silva.

Leia Também