Domingo, 19 de Novembro de 2017

Turismo

Banho de cachoeiras

4 FEV 2010Por 23h:07
Saindo bem cedinho de Mateiros, em pouco tempo de estrada, cerca de 50 km, chega-se à cachoeira da Formiga. É uma espécie de balneário, com quiosques, área para churrasco e tudo mais. A Formiga tem uma queda linda – que forma uma piscina envolta por árvores. A água tem cor de esmeralda, é completamente transparente e límpida. Dá para ficar um bom tempo aproveitando a água. Depois do banho na Formiga, o próximo passo é outra atração molhada, o Fervedouro. Com esse nome dá para pensar que são termas em pleno cerrado, mas não: é uma nascente de águas transparentes, que forma uma pequena lagoa rodeada de muitas bananeiras. O chão é de areia muito fina, e a água que brota incessantemente tem uma forte pressão, criando um efeito de bolhas enormes – parece uma panela com água fervendo. Mas a parte mais maluca do Fervedouro é que, num certo ponto, o leito parece não ter fundo, e é impossível afundar, graças à força com que a água é expelida. O lugar guarda certa semelhança com a Areia que Canta em Brotas, interior de São Paulo.

Leia Também