Quarta, 22 de Novembro de 2017

Banco aprova US$ 300 milhões para MS

6 MAI 2010Por 06h:43
Flávio Paes

A diretoria executiva do  Banco Mundial (Bird) aprovou empréstimo de US$ 300 milhões que o Governo do Estado pretende investir na recuperação e asfaltamento de 1.200 quilômetros de estradas.  O  empréstimo ainda precisa passar pela aprovação da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.
O projeto prevê a destinação de R$ 301 milhões para pavimentação de 450 quilômetros e R$ 224 milhões para recuperar 750 quilômetros de trechos críticos da malha viária estadual.  As obras já foram licitadas.

O empréstimo  será pago em 25 anos, com 10 anos de carência para começar a ser pago. Levantamento da Secretaria de Obras mostra que  60% das 4,3 mil quilômetros de rodovias pavimentadas em Mato Grosso do Sul estão em condições péssimas ou ruim.  Recuperar esses trechos exigiria R$ 1 bilhão. Com o dinheiro do Banco Mundial vai ser possível recuperar 16%  desta malha em situação precária.   
O Governo do Estado aposta no empréstimo para executar obras consideradas importantes, como a MS-112, entre Inocência e Três Lagoas. A pavimentação dos 108 quilômetros dessa rodovia contemplará uma região responsável pela criação de 2,5 milhões de bovinos e 2,1 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano.

Já a MS-436, entre Camapuã e Figueirão contemplará a região responsável pela produção de 2,7 milhões de bovinos, 608,9 mil toneladas de soja e 529 mil toneladas de milho. A pavimentação de 33 quilômetros da MS-274, entre Angélica e Ipezal, garantirá o escoamento da produção de 9,4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, 1,3 milhão de bovinos e 1,4 milhão de aves.
Trechos que serão  pavimentados: MS-436 Trecho Camapuã/Figueirão – 107 quilômetros; MS-306 – Gaúcho Pobre/Cantina – 33 quilômetros; MS-274  Angélica/Ipezal 33 quilômetros; MS-112 Inocência/Três Lagoas 108 quilômetros.

Leia Também