Domingo, 19 de Novembro de 2017

Baixa procura seria devida aos boatos

15 ABR 2010Por 04h:33
O baixo comparecimento da população para se vacinar contra a gripe suína é atribuído pelas autoridades à desinformação de alguns dos grupos da população-alvo, como as gestantes, acentuada pela circulação de boatos na internet sobre supostos efeitos colaterais. No caso das grávidas, até aqui com 40% de cobertura vacinal no Estado, elas representam um dos  grupos mais vulneráveis à doença,  representando uma em cada três mortes da nova gripe registradas neste ano.

“A doença tem demonstrado grande agressividade sobre as grávidas. A melhor forma de prevenção é tomar a vacina”, afirma o ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

Ele garante que a vacina é segura e, para comprovar  isso, lembra que, em todo o mundo, 300 milhões de pessoas receberam a imunização.

Leia Também