Terça, 21 de Novembro de 2017

Atletas do Estado lutam por medalhas hoje

11 SET 2010Por 09h:20
Arlindo Florentino,  Fortaleza

A delegação de Mato Grosso do Sul, que está em Fortaleza (CE), luta hoje pelas primeiras medalhas nas Olimpíadas Escolares, que reúnem atletas de 12 a 14 anos de idade de todo o País para as disputas das modalidades individuais.
Campeões em suas modalidades nos Jogos Escolares, disputados recentemente no Estado, os atletas não escondem a expectativa e até mesmo o deslumbramento. A maioria estuda em colégios públicos de Campo Grande e do interior, e para alguns, esta é a primeira competição fora do Estado, é a primeira viagem de avião e também é a primeira vez que estão tendo contato com o mar.
De acordo com Edgar Hubner, diretor-geral das Olimpíadas Escolares, é este mesmo o objetivo da competição. “A nossa ideia é mostrar que o esporte abre possibilidades, e por isso mesmo acreditamos que essa experiência é única para esses atletas, que vão guardar isto para o resto da vida. Além de competir eles têm a oportunidade de conhecer coisas novas e também de estar perto de alguns atletas mais experientes”, afirmou, referindo-se à presença dos “Embaixadores das Olimpíadas Escolares”, como Keila Costa, do atletismo; Ketlyn Quadros, do judô; Luciano Pagiarini, do ciclismo e muitos outros.
Quanto aos atletas de MS em condições de ganhar medalhas, estão a judoca Laiana Colman, ligeiro, da Escola Estadual Rui Barbosa; Caique Abreu, pesado, do Sealp e Vinícius Miranda, superligeiro, da Escola Dorileu Pina. As finais acontecem hoje à tarde.
No atletismo, que tem as eliminatórias hoje, quem pode ir às finais são Lorrane Rianeli, do Colégio Militar, no arremesso de peso; Ivana Larissa, da Ecla Licurgo de Oliveira Bastos, no lançamento de dardo e Rejane Amaral Santos, da Escola Manoel Bonifácio nos 75 m, 250 e revezamento. Nestas mesmas modalidades, mas no masculino, as esperanças estão em Rogério de Oliveira Silva, da Escola Maria Rita.

Leia Também