Terça, 21 de Novembro de 2017

Ari Artuzi anuncia reforma administrativa

4 MAI 2010Por 07h:35
Fábio Dorta, de Dourados

Depois de fazer duas trocas no secretariado na semana passada, o prefeito de Dourados Ari Artuzi (PDT) anunciou uma reforma administrativa que, nos próximos dias, provocará mais mudanças no primeiro escalão. O projeto de lei com as modificações está sendo preparado para ser enviado à Câmara Municipal.
Pelo menos duas fusões já foram confirmadas por Artuzi. As pastas de Fazenda e Finanças serão transformadas em apenas uma secretaria, assim como Obras e Planejamento. “Isso vai reduzir custos e agilizar os trabalhos, que ficarão mais centralizados. É o que nós esperamos com as mudanças”, afirmou o prefeito.
A atual secretária de Fazenda Ignês Boschetti Medeiros vai comandar a secretaria que será criada. Ela já responde interinamente pela Secretaria de Finanças desde o segundo semestre do ano passado, quando o então secretário João Azambuja pediu demissão e Artuzi preferiu não nomear um sucessor.

PR pode perder espaço
A outra fusão poderá fazer com que o PR, um dos principais aliados a Artuzi, perca espaço na administração, uma vez que a Secretaria de Planejamento deixará de existir e passará a fazer parte da estrutura da Secretaria de Obras. O prefeito deixou claro que o comando continuará com o atual titular da secretaria de Obras, Dilson Cândido de Sá.
O secretário de Planejamento, Dirson Missio, que é da cota do PR, perderá o cargo. A gestão dele tem sido criticada publicamente pelo prefeito. Com isso, o peso político do PR, que comanda a Secretaria de Serviços e a Fundação Cultural e Esportes de Dourados (Funced), será reduzido.

Leia Também