Sexta, 17 de Novembro de 2017

Após estreia, somente os reservas treinaram

17 JUN 2010Por 06h:43
Johannesburgo, África do Sul

Um dia depois da vitória sobre a Coreia do Norte, o técnico Dunga diminuiu o ritmo dos titulares e deu um trabalho forte aos reservas. Os 11 que iniciaram o jogo de terça-feira fizeram apenas atividade regenerativa no hotel da concentração.

Já os 12 suplentes trabalharam no gramado do Randburg High School. Dunga não deu descanso aos atletas, nem mesmo a Nilmar, Daniel Alves e Ramires, que entraram no decorrer do duelo contra os norte-coreanos, na estreia da Copa do Mundo.

No dia em que pôde dar ênfase aos reservas, o comandante dirigiu uma atividade de finalizações. Os jogadores avançavam pela meia e finalizavam da entrada da área. Doni e Gomes revezaram-se para fazer as defesas. Em seguida, Daniel Alves e Gilberto aprimoraram os cruzamentos.
Depois, Dunga dividiu o elenco e realizou um treino técnico em campo reduzido, sob o frio do início da noite de Johannesburgo (tarde no Brasil). O destaque foi o meio-campista Júlio Baptista, que marcou um golaço com chute no ângulo de Doni.

Do lado de fora, um pequeno grupo de torcedores até se arriscou a tremular bandeiras no início das atividades, na esperança de uma oportunidade de assistir à movimentação, mas sem sucesso.
O Brasil volta aos treinos hoje, quando Dunga reunirá o elenco para se preparar para o jogo com a Costa do Marfim.

Leia Também