Terça, 21 de Novembro de 2017

André vai procurar Lula

16 ABR 2010Por 20h:58

Maria Matheus

 

O governador André Puccinelli (PMDB) disse ontem, em Costa Rica, que irá a Brasília até o dia 30 deste mês para conversar pessoalmente com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o apoio do PMDB de Mato Grosso do Sul à ex-ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff à Presidência da República. Segundo o governador, ele havia dado prazo ao presidente até o último dia 15, quinta-feira, para resolver as divergências dos dois partidos no Estado e tentar fechar aliança para a sucessão presidencial. Mas não obteve resposta de Lula.

Questionado, o governador afirmou que a proposta de união com o PT não inclui a retirada da candidatura de José Orcírio dos Santos (PT) ao Governo do Estado, mas não explicou as condições para apoiar a Dilma. No entanto, repetidas vezes, Puccinelli afirmou que só apoiaria a ex-ministra se Orcírio desistisse da disputa.

 

Desencontro casual

Por pouco, o governador não encontrou José Orcírio em Costa Rica. O petista deixou a cidade uma hora antes da chegada de Puccinelli. Os dois trocaram farpas na imprensa local. "No governo passado não tinha recursos de 10% para contrapartida nas obras. O titio Lula é mais forte que titio André, mas aqui não falta contrapartida", disse o governador.

Antes, Orcírio criticou o modelo de "administração municipalista" de Puccinelli. "O que ele fez foi contratar ex-prefeitos com salários que passam de dez mil reais cada um", acusou. Para o petista, a gestão do PMDB não passa de "um governo de fachada, um tiro na água que só faz ondas".

"O Zeca está com dor de cotovelo porque eu estou na frente nas pesquisas. Não são dez prefeitos e sim três. Os salários são de oito mil reais", rebateu o governador.

Em Costa Rica, Puccinelli e o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, assinaram ordem de serviço para pavimentação asfáltica de 104 quilômetros da BR-359, ligando Alcinópolis aos estados de Goiás e Mato Grosso. A obra totaliza R$ 140 milhões – recursos do governo federal, com contrapartida do Governo do Estado. As informações são do site A Hora da Notícia, de Costa Rica.

Leia Também