Segunda, 20 de Novembro de 2017

André disputa com Orcírio a atenção de Lula em MS

24 AGO 2010Por 09h:11
adilson trindade e Fernanda Brigatti

Os principais adversários na sucessão estadual vão disputar a atenção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em sua visita a Mato Grosso do Sul. Lula estará no Estado para inauguração de obras e participar da campanha eleitoral do seu amigo José Orcírio dos Santos (PT) ao Governo do Estado. Mas antes o governador André Puccinelli (PMDB), aliado de José Serra na disputa presidencial, vai almoçar com Lula e com o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB).
Não está confirmada, no entanto, o encontro de André com a candidata a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), a quem tratava por “fada madrinha” até aderir a José Serra. Ela só deve chegar a Campo Grande por volta das 16 horas e seguirá para o Hotel Jandaia, em carreata.
Todo o cuidado está sendo tomado pelo comando de campanha dos dois candidatos para evitar o encontro de André e José Orcírio na visita de Lula. Isto pode acontecer na Base Aérea de Campo Grande, na recepção ao presidente.
O prefeito Nelsinho Trad confirmou ontem a presença de André no almoço com o presidente, que será realizado na Base Aérea. Já a assessoria de Lula disse que poderá ocorrer alteração na programação. O presidente pode até almoçar no avião se houver algum atraso nas inaugurações das obras da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

Previsão
A agenda presidencial no Estado prevê a chegada de Lula, em Dourados, às 9h30min, acompanhado pelo ministro Fernando Haddad, da Educação, seguida pelo decerramento da placa de inauguração da duplicação da BR-163. Ainda no aeroporto, Lula será recepcionado por Orcírio. A agenda de inaugurações é vetada a candidatos, por imposição da lei eleitoral. Já em Campo Grande, Lula será recebido por Nelsinho na Base Aérea. Orcírio ainda não tem confirmação se vai ou não a esse encontro. O almoço com a participação de André deve ser realizado na Base.
O outro compromisso de Lula na Capital é a inauguração das obras do PAC, agenda da qual nem André nem Orcírio podem participar. Dilma Rousseff chega a Campo Grande às 16 horas e será recebida pelo candidato petista ao governo. Do aeroporto, eles seguem em carreata ao Hotel Jandaia, onde encontram o presidente e, por volta das 19 horas, seguem à Fernando Correa da Costa.

Agendas
Ontem, o governador André Puccinelli se reuniu com empresários e candidatos proporcionais e Orcírio, além de visitas a empresas, gravou participação no horário eleitoral. Nei Braga (PSOL) também teve filmagens, concedeu entrevista a uma rádio e pediu votos no Indubrasil.

Leia Também