Sexta, 24 de Novembro de 2017

PALANQUE ELETRÔNICO

André amplia uso da imagem de Lula no programa de TV

28 AGO 2010Por 04h:30
Fernanda Brigatti

Na tentativa de minimizar o impacto do comício realizado na última terça-feira (24) em Campo Grande, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o governador André Puccinelli (PMDB) ampliou a utilização da imagem do petista em seu programa no horário eleitoral gratuito. Ontem, a propaganda exibida pela manhã dá destaque ao trabalho feito com Lula pela inclusão de municípios de Mato Grosso do Sul no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), principal bandeira do governo federal.
A ofensiva de Puccinelli, que tenta a reeleição, vem no encalço da campanha adversária, que vem usando massivamente a imagem de Lula pedindo votos para José Orcírio e fazendo críticas ao governador, durante o comício realizado em Campo Grande.
Ontem, além de casar sua imagem à de Lula na televisão, o blog da campanha de André Puccinelli também deu destaque aos investimentos estaduais nos projetos do PAC e reproduziu o texto utilizado na propaganda eleitoral. O programa dá destaque ao fato de Mato Grosso do Sul ter sido, no início de 2007, quando começava o mandato de Puccinelli, um dos únicos estados brasileiros não incluídos no PAC. Quem começa o relato é a candidata a vice-governadora, Simone Tebet (PMDB), ex-prefeita de Três Lagoas. Ela afirma que na época não existiam projeto para o PAC, mas Puccinelli conseguiu sensibilizar o presidente e obter recursos.
No blog de André, o PAC é descrito como “o ‘xodó’ do presidente Lula e que alavanca a candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República”.
Na televisão, o horário eleitoral de André Puccinelli destaca, ainda, as verbas que conseguiu com bons projetos e o reconhecimento do presidente Lula. A candidata petista Dilma Rousseff, também, aparece conversando com André. Em seu discurso, feito em Campo Grande em julho de 2007 e exibido no programa, Lula diz que “Puccinelli conquistou a independência política há muito tempo. O que nós precisamos entre nós é uma relação política com “P” maiúsculo, é ele saber defender os interesses do Estado como está fazendo aqui”. O programa dedica quase a metade do tempo de Puccinelli falando do PAC e da parceria com o presidente Lula.
Ainda no blog de campanha do governador, a explicação é de que “diante do surgimento de tantos ‘pais’ para as obras que estão sendo implantadas no Estado”, Puccinelli precisou falar sobre os investimentos estaduais no PAC.
Em campanha, ontem o governador André Puccinelli (PMDB) esteve em Japorã e tinha visitas previstas a Eldorado e Mundo Novo.

Punição
Ainda no programa de ontem, a coligação Amor, Trabalho e Fé, de Puccinelli, perdeu 45 segundos de propaganda pela manhã e outros 45 à tarde. A punição foi em resposta a uma representação da coligação adversária, porque a Amor, Trabalho e Fé exibiu uma enquete durante a propaganda. No horário eleitoral gratuito é vetada a veiculação de enquetes.

Leia Também