Domingo, 19 de Novembro de 2017

André ameaça dar endereço de desembargadores a criminosos

21 JAN 2010Por NADYENKA CASTRO05h:54
O governador André Puccinelli (PMDB) disse que irá fornecer aos condenados recém- libertados do Presídio de Dois Irmãos do Buriti (PDIB) o endereço de quem os liberou para que, caso voltem a cometer crimes, que o façam próximos a estes responsáveis, numa referência aos três desembargadores da 1ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. O habeas corpus a internos do PDIB, a pedido da Defensoria Pública, foi concedido pela 1ª Turma, a partir do relatóriovoto do desembargador Dorival Moreira dos Santos. “Vamos dar o endereço de quem liberou, para que se crimes novos forem cometidos, sejam nas quadras dos liberadores”, afirmou. As declarações do governador foram feitas em evento sobre o desempenho da indústria de Mato Grosso do Sul. Puccinelli admitiu que a criminalidade em Campo Grande pode aumentar por conta destes ex-internos e culpa o Judiciário se isto acontecer. “Se vier a aumentar a criminalidade, deploro, mas a culpa cabe a quem libera”. Para o governador, o Tribunal de Justiça poderia ter esperado a inauguração da Colônia Penal Agroindustrial, prevista para março, antes de conceder regime domiciliar a 300 internos do PDIB. “Daqui a 90 dias, no máximo, antecipando nosso crononograma, tem-se uma Colônia Penal Agrícola nova. Não podia (o Judiciário) ter esperado?”, questionou. O chefe da administração estadual continuou a disparar contra o TJ/MS, mas disse que os detentos que conseguiram progressão de pena tinham direito a ela. “Então, pelo direito menor, o Judiciário infringe o direito maior da responsabilidade que nós temos de prestar assistência à sociedade?”, questionou, refletindo a ideia de que o direito da população a uma segurança maior deveria se sobrepor ao direito dos presos. Procurado para falar sobre as declarações do governador, o relator do habeas corpus, desembargador Dorival Moreira, informou por intermédio de sua assessoria que não pretende fazer comentários sobre o assunto, manifestando-se somente em processos. Na terça-feira, o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, também admitiu que a ocorrência de crimes na Capital pode aumentar por conta da soltura dos detentos de Dois Irmãos. Na segundafeira o juiz Alysson Kneip Duque deu início à soltura dos presos.

Leia Também