Segunda, 20 de Novembro de 2017

André abre horário eleitoral gratuito em rádio e televisão

30 JUL 2010Por 08h:07
Fernanda Brigatti

Com mais da metade do tempo destinado à propaganda dos candidatos, o governador André Puccinelli (PMDB) abrirá o horário eleitoral gratuito, no dia 18 de agosto, às 6 horas. A ordem de aparição foi definida por sorteio realizado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso do Sul. Depois dele será a vez de José Orcírio dos Santos (PT) e, por último, Nei Braga (PSOL).
Os programas com os candidatos ao governo do Estado serão exibidos às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre em dois horários: das 6h às 6h18 e das 11h às 11h18. Em seguida, será a vez de os candidatos a deputado estadual e senador apresentarem suas propostas nas emissoras de rádio e televisão.
Os postulantes a uma vaga na Câmara dos Deputados poderão ser vistos às terças, quintas e sábados, das 6h25 às 6h50 e das 11h25 às 11h50, logo após a propaganda gratuita dos candidatos à Presidência da República.
O PSOL será o primeiro partido a exibir os nomes que dispõe para concorrer a uma das 24 vagas da Assembleia Legisltiva, seguido pela coligação A Força do Povo 2 (PDT, PSL e PSDC), e por três composições da Amor, Trabalho e Fé: PMDB, PSDB, DEM e PR; PTdoB, PRTB, PPS, PRB e PHS; PTB, PTC, PTN, PMN e PSB. As duas últimas serão as outras ligadas à Força do Povo: PT e PP; PV, PCdoB, PRP e PSC.
Na disputa pelo Senado, o PSOL também será o primeiro a exibir seus candidatos. A Força do Povo, que apoia José Orcírio, vem em seguida e, para fechar, a coligação Amor, Trabalho e Fé, encabeçada pelo governador André Puccinelli, apresenta seus nomes.
O horário eleitoral gratuito começa no dia 17 de agosto e vai até 30 de setembro. Por ser uma terça-feira, ele será aberto com a propaganda dos nove candidatos a presidente, seguida dos deputados federais. A portaria regulando a publicidade eletrônica em Mato Grosso do Sul foi assinada pelo juiz eleitoral Luiz Gonzaga Mendes Marques.

Exposição
André Puccinelli, em busca da reeleição, terá 9min38s. O petista José Orcírio ficou com 6min16s, e o nanico Nei Braga terá 2m04s. Os candidatos ao Senado Murilo Zauith (DEM) e Waldemir Moka (PMDB) compartilharão 8min02s, Delcídio do Amaral (PT) e Dagoberto Nogueira (PDT) ficaram com 5min14s, e Jorge Batista (PSOL) terá 1min45.
Nas proporcionais, os candidatos a deputado federal das coligações Amor, Trabalho e Fé terão 14min47s. Já os da A Força do Povo ficarão com 8min01s e 2min10s para o PSOL. Na disputa pela Assembleia, as chapas ligadas a Orcírio terão 6min26s de propaganda. O PSOL ficou com 52 segundos, e as coligações Amor, Trabalho e Fé dividirão 9min38s.

Leia Também