Sábado, 18 de Novembro de 2017

EDUCAÇÃO

Alunos de MS vivenciam EUA em Brasília

5 JUL 2010Por 06h:16
CRISTINA MEDEIROS

Três estudantes de Mato Grosso do Sul embarcaram ontem rumo a Brasília, para participar de um evento promovido pela Embaixada dos Estados Unidos em parceria com a Casa Thomas Jefferson. Trata-se do quinto programa “English immersion USA” (imersão em inglês) que selecionou para 100 estudantes da Rede Pública de Ensino que se destacaram no aprendizado do inglês. O evento faz parte das comemorações dos 50 anos de Brasília.
Até 9 de julho, Alana Bardella da Silva, de Anastácio, César Augusto Gomes de Souza, de Dourados e João Alcim Souza João Neves, de Campo Grande, e demais estudantes de outras regiões do País, participarão de várias atividades ligadas aos Estados Unidos, como aulas de conversação, de história e geografia dos EUA, basquete e vôlei, culinária, hip-hop e de um tour para conhecer a Capital Federal. Ontem, eles participaram de um tradicional piquenique, celebrando os 234 anos da Independência dos EUA.
Os estudantes têm entre 15  e 18 anos e são semifinalistas do processo seletivo do Programa Jovens Embaixadores de 2010. Desde o lançamento em 2006, 310 estudantes da rede pública já foram beneficiados pelo programa de imersão.
Aluno do terceiro ano do ensino médio do Colégio Militar de Campo Grande, João Alcim Souza João Neves, de 17 anos e meio, morador da Vila Margarida, na Capital, disse que estava preparado para a maratona e que esta é uma grande oportunidade.
“É uma chance de, principalmente, aperfeiçoar o inglês, idioma que eu gosto muito, além, claro, de fazer novas amizades e certamente contará ponto para meu currículo”, explicou João, já pensando na experiência como um pequeno passo para a carreira que pretende seguir. “Pretendo fazer relações internacionais e, por que não um dia, ser embaixador do Brasil?”. Esta é a primeira viagem que o estudante faz sem a família.
“Este ano, decidimos fazer algo especial para ajudar a comemorar os 50 anos da capital do Brasil. Ao trazer 100 alunos a Brasília queremos demonstrar o nosso empenho com a relação Brasil – EUA. O programa permitirá a esses talentosos brasileiros conhecer outros jovens de toda parte do Brasil que dividem as mesmas esperanças e os mesmos sonhos. O objetivo é ajudá-los a ter mais fluência no idioma, motivá-los a continuar seus estudos e a procurar outras oportunidades”, disse a adida cultural Jean Manes.

Leia Também