Quarta, 22 de Novembro de 2017

ALL negocia transporte de celulose em nova linha férrea

20 JUL 2010Por 07h:26
Carlos Henrique Braga

A concessionária de ferrovias América Latina Logística (ALL) negocia com empresas de Três Lagoas o escoamento da produção de celulose pelo contorno ferroviário de 12,4 quilômetros, em reforma na região. A obra, que vai consumir R$ 33 milhões do orçamento do governo federal, deve ficar pronta em meados de 2011.
Segundo a empresa, o transporte ferroviário é mais seguro, menos poluente e mais barato. Nos cálculos da ALL, um vagão vale por dois caminhões, ou seja, uma frota de 160 automóveis pode ser substituida por um trem de 80 vagões.
Diariamente, passam por Três Lagoas até seis trens com um total de 500 vagões carregados com combustível, celulose, siderúrgicos,  minério e produtos para construção com origem ou destino ao Estado.  
De acordo com a ALL, desde que assumiu a malha, em 2007, a companhia expandiu sua quantidade de trens, aumentando em 76% o volume do fluxo de cargas transportadas.
A reforma da linha, que tem ligação com o trecho Bauru/Campo Grande, é executada pelo Ministério dos Transportes e Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit). Como resultado da obra, serão retirados trilhos do centro da cidade.

Leia Também