Segunda, 20 de Novembro de 2017

Álcool só é vantajoso em Mato Grosso

9 FEV 2010Por VERA HALFEN01h:53
Com a elevação contínua do preço do álcool combustível nas bombas, a gasolina transformou-se na melhor opção para o consumidor. Pesquisa feita pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em 27 unidades da Federação, aponta que apenas Mato Grosso (MT) ainda mantém a competitividade do álcool ante a gasolina. Os dados foram levantados pela ANP entre os dias 31 de janeiro e 6 de fevereiro, já considerada a redução da mistura de álcool na gasolina, que entrou em vigor no dia 1º de fevereiro. A medida tem como objetivo conter a escalada de aumento do álcool. Segundo especialistas de mercado, os aumentos sucessivos do álcool se explicam pela valorização do açúcar no mercado internacional, que faz os usineiros preferirem produzir o produto em detrimento do combustível, além da entressafra da cana-de-açúcar. O álcool mais caro do País está no Rio Grande do Sul, onde se paga R$ 2,34 em média pelo litro. Em Mato Grosso do Sul, de acordo com dados da ANP, o consumidor desembolsa R$ 2,071 pelo litro do produto. Já em Mato Grosso, o preço médio vendido nas bombas é de R$ 1,71. O Estado possui grandes lavouras de cana-de-açúcar e infraestrutura para processar o produto. Isso faz com que o álcool fique mais em conta no Estado – onde o preço do álcool corresponde a 63% do valor da gasolina, que custa R$ 2,70 o litro.

Leia Também