Sábado, 18 de Novembro de 2017

Agentes são afastados por liberarem motorista no Rio

22 JUL 2010Por 07h:26
A Policia Militar (PM) do Rio de Janeiro afastou os dois agentes que liberaram o motorista Rafael de Souza Bussamra, que confessou ter atropelado e matado na madrugada de ontem o estudante Rafael Mascarenhas no túnel Zuzu Angel, na Gávea, zona sul da cidade. De acordo com nota da corporação, o atropelamento será “investigado com rigor”. Rafael, de 18 anos, era filho da atriz Cissa Guimarães e do saxofonista Raul Mascarenhas.
A nova informação desmentiu a primeira nota da PM, que afirmava que o acusado não avisou os soldados sobre o acidente e foi liberado porque estava com a documentação em dia e o carro não tinha danos aparentes. O veículo foi recolhido hoje pela 15ª Delegacia de Polícia e apresenta avarias nítidas: está com o capô da frente completamente amassado e sem o vidro dianteiro. Na perícia que deve ser realizada hoje, os investigadores pretendem apurar as contradições entre os depoimentos dos PMs que abordaram o carro e o motorista.

Leia Também