Sexta, 17 de Novembro de 2017

Adolescente acusado de assalto a ônibus é liberado

21 FEV 2010Por 07h:46
A Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e à Juventude (Deaij) soltou o adolescente acusado de esfaquear um motorista de ônibus durante assalto, na última quarta-feira, na Capital. Para a Polícia Civil, diferentemente daquilo que havia sido anunciado pela Polícia Militar, o menor não teve envolvimento no crime. O roubo aconteceu na Avenida Duque de Caxias e o adolescente foi preso na tarde de sexta-feira. Por volta das 20h30min, ele retornou para casa. A informação foi confirmada ontem pela delegada Maria de Lourdes de Souza Cano, titular da Deaij. Conforme a delegada, as evidências indicavam que o adolescente apresentado pela Polícia Militar não era quem efetivamente havia cometido o roubo ao ônibus da Viação Campo Grande e ferido com uma faca o motorista Francisco Veimar de Souza, de 58 anos. A polícia tem imagens gravadas pela câmera de segurança instalada no veículo. Segundo denúncias, o jovem sofreu violência policial e por isso mentiu sobre a sua participação no assalto. A Polícia Militar, que encaminhou o menor à Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e à Juventude, não quis comentar a nova versão. A delegada afirmou que, por se tratar de outra instituição, preferia manter silêncio quanto ao ocorrido. O real culpado do crime ainda não foi encontrado, mas a delegada Maria de Lourdes afirma que existem pistas que podem levar ao paradeiro do rapaz. Ela alega que provavelmente se trate de um menor. Versão Em nota divulgada na tarde de sexta-feira, a Polícia Militar informou que por meio de denúncia anônima, via telefone, de um passageiro e testemunha ocular do roubo ao coletivo, na quarta-feira, o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) foi alertado de que o autor do crime estava no Bairro Nova Campo Grande. Em diligências na região, os militares localizaram o suposto envolvido no assalto e ele confirmou, segundo a nota, a sua participação no delito. O menor, inclusive, citou nome e possíveis locais onde se pode encontrar o outro participante do roubo. A Polícia Militar disse que com base nas informações deu continuidade às buscas e conseguiu apreender outro adolescente de 17 anos, que também confessou ser o responsável pelo esfaqueamento do motorista. O menor, porém, acabou sendo liberado pela Deaij, que não confirmou a sua ligação com o episódio.

Leia Também