Quarta, 22 de Novembro de 2017

Acidente na BR-163 deixa dois mortos e três feridos

24 MAI 2010Por 07h:20
Vânya Santos

Lindomar Souza dos Santos, 29 anos, e Fernando Rocha Dias, 21 anos, morreram em acidente, por volta das 4h15min de ontem, no km 842 da BR-163, em Sonora. Na ocasião, um veículo Parati, com placas de Rondonópolis, colidiu na traseira de uma carreta bitrem, de Santa Catarina. Outras três pessoas sofreram ferimentos graves.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Luiz Roberto Felipczuk, de 28 anos, conduzia a Parati pela rodovia, no sentido Sonora/Rondonópolis, quando a dois quilômetros da Ponte do Rio Correntes, que divide os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, tentou ultrapassar a carreta. Ao perceber que outro veículo se aproximava, Luiz tentou retornar para a pista de origem, mas colidiu com a traseira do bitrem de Santa Catarina, conduzido por Anderson Martelho, 35 anos.
Depois da colisão, a Parati capotou algumas vezes. No veículo de passeio estavam cinco amigos. O condutor Luiz Roberto, os passageiros Wellington Martins dos Santos, 18 anos, e Douglas Alves Leal, 17 anos, sofreram ferimentos graves, foram levados inicialmente para receber atendimento médico no município de Itiquira (MT) e posteriormente encaminhados para o Hospital Regional de Rondonópolis, no mesmo estado.
Já Fernando e Lindomar morreram no local do acidente. Anderson, condutor da carreta que estava carregada com produtos agrícolas, só percebeu que havia se envolvido num acidente quando parou num posto de combustível, em Itiquira, para calibrar um dos pneus que estava vazio. Espontaneamente procurou a PRF, apresentou-se e prestou esclarecimentos.
Pagode
Segundo informações apuradas pela Polícia Civil de Sonora, as vítimas, que residem no Distrito de Ouro Branco, em Mato Grosso, passaram a noite de sábado e a madrugada do domingo num pagode, no Bar do Almeira, que fica em Sonora. No final da madrugada deixaram o local e tentaram retornar para casa, quando se envolveram no acidente.
Conforme a polícia, o condutor do carro de passeio não foi submetido ao teste do bafômetro – que mede o índice de álcool por litro de sangue – em razão da gravidade do seu estado de saúde.

MS-060
Ricardo Dias Braga, de 20 anos, morreu depois de cair da motocicleta Comet, com placas de Campo Grande, que conduzia pelo km 557 da MS-060, entre Nioaque e Guia Lopes da Laguna. O acidente ocorreu por volta das 21h de sábado, quando o rapaz seguia da Capital para Bonito, cidade onde reside.
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que atendeu a ocorrência, um motorista passou pela rodovia, viu o acidente e acionou equipe do Corpo de Bombeiros, mas a vítima não chegou a ser socorrida porque morreu no local. A polícia não soube informar as razões que levaram o rapaz a cair do veículo porque ninguém testemunhou o fato.

Leia Também