Sábado, 18 de Novembro de 2017

Acidente com ônibus mata um e fere 15

26 MAI 2010Por 08h:39
Rose Rodrigues, Três Lagoas

Grave acidente com um ônibus desgovernado deixou um homem morto e 15 pessoas feridas, na noite de segunda-feira, em Três Lagoas. O ônibus era de uma empresa terceirizada e prestava serviços transportando os funcionários do Curtume Três Lagoas, que fica distante cerca de 10 km da cidade. No acidente morreu José Augusto da Silva, de 62 anos, que sofreu politraumatismo e parada cardíaca. Outras duas pessoas ficaram gravemente feridas e estão internadas no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, sem previsão de alta. As outras 13 já foram liberadas.

Mais conhecido como “Zinho”, a vítima era aposentada da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) e nos últimos meses estava prestando serviços na área de segurança do curtume. Ele sofreu traumatismo no tórax, foi atendido no local pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado em estado grave para o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, onde morreu duas horas depois. Ele deixa mulher e quatro filhos.

O acidente aconteceu na rotatória da BR-262, na entrada da cidade. Segundo informações da polícia, o ônibus seguia pela BR-395, que liga o município de Três Lagoas e Brasilândia e transportava cerca de 30 trabalhadores. Eles tinham terminado expediente e retornavam para Três Lagoas, por volta das 19 horas. Na entrada da cidade, o motorista não conseguiu controlar o ônibus, quando, ao realizar uma conversão na rotatória, não conseguiu completar a curva.
Conforme depoimento prestado na Polícia Civil, o motorista afirmou que o veículo apresentou falha nos freios e na curva perdeu o controle. O veículo seguiu em linha reta, atravessando a rodovia, mas só parou cerca de 100 metros depois da rotatória. A maioria dos trabalhadores, incluindo o idoso que morreu, estava sem cinto de segurança. Muitos sofreram quedas dentro do veículo, sofrendo traumas e escoriações.

Os passageiros que ficaram feridos foram atendidos pelo Corpo de Bombeiros e o Samu, sendo levados ao Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

Leia Também